terça-feira, 3 de Junho de 2014 05:28h

Homem atira na namorada e depois tenta suicídio

A Polícia Militar compareceu ao Pronto Atendimento de Pompeu, onde foi informada de que uma mulher teria sido atingida na boca por um disparo de arma de fogo.

Os policiais deslocaram-se ao local e fizeram contato com R.M., de 48 anos, a qual relatou que estava na residência de seu namorado J.C.M., 40 anos, e após uma discussão referente ao relacionamento, seu companheiro pegou uma arma de fogo, efetuou um disparo em sua direção e, em seguida, efetuou um disparo contra sua própria cabeça.
Os militares deslocaram-se à residência de J.C.M., onde encontraram-no com sinais vitais, deitado em uma cama com um revólver em sua mão direita. Foi acionada a ambulância do Pronto Atendimento que socorreu J.C.M. No quarto onde ocorreram os fatos foi apreendido um revólver calibre. 32, municiado com quatro cartuchos intactos, dois deflagrados e um projétil deflagrado que se encontrava em cima de uma mesa.
Uma testemunha relatou que havia conversado com J.C.M. em data passada, tendo este dito que havia comprado uma arma de fogo, que iria tentar suicídio e que havia feito pesquisas na internet para aprender a melhor forma de suicidar usando uma arma de fogo.
A médica plantonista relatou que a vítima R.M. estava com um projétil alojado no maxilar do lado esquerdo e que o autor J.C.M. apresentava uma perfuração na cabeça e estava em coma em estado gravíssimo. Ambos aguardavam transferência.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.