terça-feira, 14 de Junho de 2016 09:50h

Homem baleado no Esplanada segue internado em estado grave

Durante rastreamento em busca do suspeito de cometer o crime, a PM encontrou muita droga no bairro Porto Velho

Na tarde de sábado, a Polícia Militar registrou uma tentativa de homicídio no bairro Esplanada. Em rastreamento para localizar o suspeito do crime, os militares encontraram quase dois quilos de maconha em uma casa no bairro Porto Velho, em Divinópolis.

De acordo com a Polícia Militar, Igor Rabelo Braga, de 28 anos, estava em uma sorveteria na Rua Mestre Pedro da Silva, no Esplanada, quando um adolescente, de 17 anos, chegou ao local e atirou diversas vezes.

Os disparos acertaram a cabeça, tórax e braço. A vítima foi socorrida e encaminhada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e, posteriormente, encaminhada para o Hospital João XXIII, em Belo Horizonte. De acordo com a assessoria de comunicação do hospital, o estado de saúde de Igor é grave e ele respira com a ajuda de aparelhos.

 

 

 

Tráfico

Durante a busca pelo suspeito do crime, os militares receberam informações de que o adolescente estaria em uma casa na Rua Tomas Gonzaga, no bairro Porto Velho. No local, os militares abordaram Moisés Vieira Nascimento, de 27 anos, Matheus Silva Santos, de 19 anos, e Gustavo Bueno Silva, de 18 anos.

Na casa, foram localizadas 102 buchas de maconha e mais 1,5 quilos da mesma droga, além de um revólver calibre 32 e quatro munições do mesmo calibre, uma balança de precisão, um radiocomunicador e material para dolagem de droga.

Os suspeitos foram presos e levados para a Delegacia, juntamente com o material apreendido. O adolescente, suspeito de praticar a tentativa de homicídio, não foi localizado.

 

 

 

Vítima é suspeita de homicídio

Em fevereiro deste ano, Igor efetuou disparos de arma de fogo contra o varejão situado próximo à Praça dos Ferroviários, no bairro Esplanada, após ameaçar o marido de uma funcionária do local. A motivação teria sido por ciúmes da namorada do suspeito com o marido da funcionária do varejão.

Após os disparos, ele fugiu e os militares conseguiram encontrar a namorada dele, de 26 anos. No celular dela, os militares encontraram mensagens do suspeito confessando que havia feito os disparos no varejão e ainda confessando ter matado um jovem, de 18 anos, em outubro do ano passado, também no bairro Esplanada.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.