sexta-feira, 3 de Maio de 2013 05:25h Atualizado em 3 de Maio de 2013 às 07:47h. Erik Ullysses

Homem cai do 5° andar de um prédio em construção

Equipamentos de segurança para quem trabalha em construções são itens obrigatórios, independente da obra. A ausência dos mesmos pode levar a acidentes graves.

Equipamentos de segurança para quem trabalha em construções são itens obrigatórios, independente da obra. A ausência dos mesmos pode levar a acidentes graves. Foi o que ocorreu na manhã de ontem (02) na construção de um prédio em Divinópolis. Um servente de pedreiro despencou do 5° andar de uma construção situada na rua Mato Grosso no momento em que içava materiais de construção. Apesar da altura, o servente teve apenas uma das pernas quebradas.


De acordo com o sargento da Polícia Militar, Jéferson Batista, o acidente aconteceu por volta de 08 horas, quando Wallison Antunes Derêncio, de 24 anos, içava alguns materiais e acabou desequilibrando, vindo a cair do quinto andar. “Por volta de 08 horas da manhã, um funcionário estava içando alguns materiais por meio do guincho pelo hall onde vão ser instalados os elevadores. Após ter içado os materiais de construção, ferramentas e sacos de cimento, ele atendeu ao chamado do pedreiro, desligou o equipamento, retirou o equipamento de segurança dele e foi atender ao pedreiro. Retornando, ele esqueceu de colocar o material de segurança e foi puxar o material de construção. E ao puxar o material de construção por uma grade ele veio a escorregar e cair sobre esse material” explicou.


O sargento ressaltou que os companheiros de trabalho de Wallison garantiram que foi uma falha do jovem, já que ele utilizava os itens de segurança e os retirou quando foi atender ao chamado do pedreiro. Quando retornou as atividades de alçar os materiais ele esqueceu de colocar os equipamentos. “Os companheiros de trabalho dele relataram que realmente foi um equívoco dele que esqueceu de colocar o equipamento de segurança” garantiu o sargento.


Por sorte de Wallison, ele veio a cair em cima da própria grade que tentava levantar. Nesta grade estavam ferramentas e alguns sacos de argamassa, que acabaram amortecendo a queda do servente de pedreiro. Uma Unidade de Resgate do Corpo de bombeiros foi acionada, sendo a vítima levada ao Pronto Socorro Regional. No local um raio-x constatou que Wallison sofreu uma fratura em uma das pernas. A perícia compareceu ao local para apontar as causas do acidente.


Esta é a segunda vez que acontece acidentes deste tipo na cidade em menos de cinco meses. No final do ano passado um outro acidente assustou aqueles que trabalhavam na obra e quem passava pelo local. No dia 07 de dezembro, um homem despencou do 14° andar de um prédio que está sendo construído entre o cruzamento da rua Goiás e da avenida Getúlio Vargas. A vítima teve ferimentos graves, mas conseguiu sobreviver. Assim como no caso registrado ontem, o funcionário também não utilizava os equipamentos de segurança obrigatórios.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.