quinta-feira, 3 de Setembro de 2015 10:10h Atualizado em 3 de Setembro de 2015 às 10:13h. Pollyanna Martins

Homem é morto a facadas no bairro Santa Marta

Suspeito alega que matou em legítima defesa

Um homem, de 29 anos, foi morto na madrugada de ontem, no bairro Santa Marta, em Divinópolis. Segundo o Tenente Thiago Moura, o irmão da vítima informou que Cléber Otaviano dos Santos havia comprado uma moto de Felipe Cavalini Pedroso, de 39 anos, mas não pagou a compra. Cléber combinou então com Felipe que, pagaria a dívida prestando serviços para ele em seu canil particular. Ainda de acordo com o irmão da vítima, ele deixou Cléber na casa do suspeito na tarde dessa terça-feira (1) para trabalhar e não teve mais notícias do irmão.
Segundo a PM, foi feita uma denúncia anônima na manhã de ontem, informando que havia um corpo em uma residência na Rua José Gontijo Fonseca. Os policiais foram até o local e encontraram Cléber caído em um corredor lateral da residência. Foi preciso acionar o Corpo de Bombeiros para prender cerca de oito cães da raça Pit Bull que estavam soltos no imóvel. A perícia foi à residência e constatou que o homem havia sido morto com duas facadas, uma no pescoço e outra no abdômen.
O suspeito fugiu logo após o crime, mas se entregou por voltas das 12h, na 7ª RPM. Ele foi preso em flagrante e encaminhado para a Delegacia de Polícia. De acordo com a PM, Felipe disse que a vítima tentou invadir sua casa durante a madrugada, acompanhado de um indivíduo para roubar um dos cães, quando foi surpreendido por ele. O suspeito alegou ter agido em legítima defesa. Conforme o Tenente Moura, no imóvel tinham sinais de luta. “Teve uma luta corporal. Nós encontramos copo quebrado, garrafas espalhadas e marca de sangue em torno de toda a casa”, conta.
O delegado de homicídios, José Luiz Quintão, informou que ainda ouviria a versão do suspeito. “O autor está na delegacia e a investigação já está em andamento. A princípio, o autor alega uma situação de legítima defesa, e por enquanto, algumas informações vão ser mantidas em sigilo, para não prejudicar as investigações”, explica. Felipe foi encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento Padre Roberto (UPA 24h). Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), o médico constatou apenas dois hematomas na perna do suspeito.
Foto Capa: homicidio candelaria (10)

 

Créditos: Pollyanna Martins

 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.