quinta-feira, 23 de Abril de 2015 09:54h Atualizado em 23 de Abril de 2015 às 09:59h. Carina Lelles

Homem é morto a tiros em Nova Serrana

Dois foram baleados em Papagaios, sendo que um não resistiu aos ferimentos. Em Perdigão houve uma tentativa de homicídio

Na noite de segunda-feira a Polícia Militar de Nova Serrana registrou o 9º homicídio do ano na cidade. Um homem foi baleado várias vezes e morreu ao dar entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA).
De acordo com a Polícia Militar, uma mulher estava em casa quando ouviu barulho de tiros na rua. Ao sair no portão, ela viu Adauto Silva Coelho, de 33 anos, caído e bastante ferido. A Unidade de Resgate do Corpo de Bombeiros foi acionada e levou a vítima para a UPA, onde ele deu entrada já sem vida.
A perícia constatou quatro perfurações em Adauto, sendo duas na cabeça e duas no tórax. No bolso da vítima foi encontrada uma bucha de maconha. Ele possui passagens pela polícia, uma delas por tentativa de homicídio contra um militar em serviço.

 

Perdigão
Um homem de 48 anos acionou a Polícia Militar de Perdigão e disse que foi informado de que o filho, Vagner Rodrigo Vieira, de 26 anos, estava bastante ferido às margens da lagoa do bairro Lagoa Dourada.
Quando o policial chegou ao local, a vítima já estava sendo atendida por uma equipe médica, sendo possível verificar que Vagner estava inconsciente e com diversas lesões no rosto. Após atendimento no hospital local, foi constatada uma perfuração na testa, possivelmente provocada por disparo de arma de fogo, sendo o rapaz transferido para a UPA de Divinópolis.
De acordo com a assessoria de comunicação da Prefeitura, a vítima está estável e aguarda transferência para um hospital, já que a bala entrou pela região frontal da cabeça e está alojada na região cervical.
A vítima não possui passagens e, de acordo com a Polícia Militar, não há informações sobre a motivação e autoria do crime.

 

Papagaios
Na noite de segunda-feira, dois homens foram baleados em um bar em Papagaios. De acordo com uma das vítimas, de 66 anos, dono do bar, ele e Rogério Oliveira da Costa, de 44 anos, estavam conversando na porta do bar quando dois indivíduos chegaram em uma motocicleta escura. O passageiro desceu e atirou cinco vezes contra os dois. Os suspeitos fugiram.
Rogério não resistiu aos ferimentos e morreu. O idoso foi ferido na barriga, foi transferido para um hospital de Sete Lagoas e não corre risco de morrer.
De acordo com a Polícia Militar, a motivação do crime foi passional. Rogério, que possui passagens por tráfico de drogas, teria um relacionamento amoroso com a mulher de um dos suspeitos.
O suspeito de atirar, que tem passagens por assalto à mão armada e tráfico de drogas, ainda não foi localizado.

 

Martinho Campos
Um jovem de 20 anos foi baleado no braço em Martinho Campos. De acordo com a vítima, um adolescente de 17 anos e um comparsa chegaram em uma motocicleta e um deles atirou contra o jovem, que estava em uma praça.
Os suspeitos fugiram, mas a Polícia Militar conseguiu localizar o adolescente que confirmou que, após ser ameaçado pela vítima, efetuou um disparo com um revólver 32 contra ela. O adolescente ainda disse que jogou a arma nas proximidades do local do delito.
Foram feitas buscas no local, porém, a arma não foi encontrada. A vítima foi encaminhada ao hospital local onde o médico plantonista informou que o projétil estaria alojado no braço. Ele foi transferido para outro hospital para passar por uma cirurgia e não corre risco de morrer.

 

Crédito: Divulgação

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.