terça-feira, 5 de Maio de 2015 11:51h Atualizado em 5 de Maio de 2015 às 11:53h. Carina Lelles

Homem é preso após assassinato e ainda ameaça policiais militares

Um homem, de 33 anos, foi preso na madrugada deste domingo após discutir e matar a garrafadas outro homem, de 43 anos, na Avenida Amazonas, no bairro São José, em Divinópolis

Durante a prisão, o suspeito ainda ameaçou os policiais militares de morte.
De acordo com testemunhas, Grampier de Moura e Claudio Gonçalves da Silva estavam jogando sinuca e se desentenderam por causa de R$ 50. Após a discussão, Grampier pegou uma garrafa, atingiu a vítima na cabeça e com o gargalo desferiu outro golpe no pescoço.
Em seguida, o suspeito deixou o local e as testemunhas acionaram a Polícia Militar (PM) e a Unidade de Resgate do Corpo de Bombeiros. A vítima chegou a ser socorrida e levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas não resistiu aos ferimentos e morreu.
Ainda de acordo com testemunhas, Grampier, mesmo sujo de sangue, ainda entrou em um bar, pediu um churrasquinho e uma cerveja e disse que “iria preso com a barriga cheia”. Pouco tempo depois os policiais militares localizaram o suspeito que foi preso em flagrante e levado para a delegacia.
Grampier já possui passagens pela Polícia e, de acordo com a PM, durante o registro da ocorrência, ameaçou os policiais de morte por várias vezes.

 

Preso
Na madrugada deste domingo a Polícia Militar (PM) de Itaúna prendeu dois jovens suspeitos de tentativa de homicídio. De acordo com a PM, a vítima, de 22 anos, estava baleada no abdômen na Avenida Jove Soares, no bairro Pio XII.
O jovem, antes de ser socorrido por uma Unidade de Resgate do Corpo de Bombeiros, contou aos policiais militares que discutiu com um indivíduo e eles entraram em luta corporal. O outro indivíduo foi até o carro, pegou uma arma e atirou contra a vítima, que não corre risco de morrer.
Durante rastreamento, os policiais militares abordaram um carro, ocupado por dois jovens, de 21 e 23 anos, e duas garotas, ambas de 19 anos. Os dois jovens confessaram que se envolveram na briga e que o mais novo atirou contra a vítima. As duas garotas disseram não presenciar o fato.
Em continuação, os policiais foram até a casa do suspeito dos disparos, onde encontraram três cápsulas calibre 32 deflagradas e uma percutida e não deflagrada.  Em meio a um mato, os policiais encontraram um revólver calibre 32 com três cápsulas deflagradas. A dupla foi presa e encaminhada à delegacia, juntamente com o material apreendido.

 

Nova Serrana
Em Nova Serrana, um jovem, de 21 anos, foi baleado nas costas em uma praça da cidade. De acordo com a Polícia Militar (PM), funcionários da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) os acionaram e relataram que o jovem havia dado entrada no local com perfurações provocadas por disparos de arma de fogo.
O jovem, que é suspeito de tráfico de drogas, disse aos policiais militares que estava em uma praça quando dois indivíduos chegaram em uma motocicleta e o passageiro atirou quatro vezes. A vítima tentou esconder atrás de um carro, mas foi atingida nas costas.
A vítima foi socorrida por populares e sofreu três perfurações, mas não corre o risco de morrer. Ela não soube passar mais informações sobre os autores e nem a motivação do crime.

 

Itaúna
Na manhã de sexta-feira (1º), uma mulher, de 38 anos, foi encontrada baleada em uma estrada no povoado de Arrudas, às margens da MG-050, em Itaúna. Mesmo ferida, a mulher conseguiu dizer aos policiais militares que o sobrinho dela, de 31 anos, foi o responsável pelos disparos de arma de fogo.
De acordo com a Polícia Militar (PM), a mãe do suspeito disse que ele estava bastante exaltado e que iria encontrar a vítima para buscar uma bicicleta. O suspeito então teria pegado o carro do irmão, sem autorização, e ido ao encontro da tia.
Os policiais iniciaram rastreamento e localizaram o suspeito, na companhia de outras duas pessoas, de 19 e 48 anos, dentro do carro, no bairro Padre Eustáquio. O suspeito foi preso e encaminhado à delegacia.
A vítima foi socorrida por uma Unidade de Resgate do Corpo de Bombeiros e encaminhada para o Hospital Manoel Gonçalves, mas foi transferida para o Hospital João XXIII em Belo Horizonte em estado grave. Ela sofreu traumatismo na face, região maxilar e evidenciou um objeto, aparentemente um projétil, na região cervical.

 

Crédito: Divulgação PM

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.