quarta-feira, 29 de Abril de 2015 10:02h Atualizado em 29 de Abril de 2015 às 10:07h.

Homem é torturado no “Carrapateiro”

A Polícia Militar (PM) prendeu na manhã de ontem dois homens e uma mulher

A Polícia Militar (PM) prendeu na manhã de ontem dois homens e uma mulher, suspeitos de torturar um homem, por cerca de uma hora, às margens do rio Itapecerica, em um local conhecido como “Carrapateiro” e frequentado por usuários de drogas. Outras quatro pessoas teriam participado do crime.
De acordo com a PM, a vítima, de 39 anos, acionou a Polícia Militar e alegou que foi torturado por uma hora dentro do “Carrapateiro”. Os policiais militares planejaram uma ação e, no local, prenderam Aiandra Nascimento Soares, de 30 anos – que havia deixado o presídio Floramar ontem – e Felipe Ribeiro Rodrigues, de 24 anos.
Os policiais socorreram a vítima que, quando estava sendo deslocada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), reconheceu o terceiro suspeito das agressões atravessando a ponte do bairro Porto Velho. Rodrigo Araújo, de 30 anos, também foi preso.
A vítima sofreu várias lesões no rosto, segundo ela feitas com uma faca quente, além da aparente fratura na mandíbula e queimaduras pelo corpo, também realizadas com a faca. A vítima passará por exames para comprovar se houve fratura na face e costela.
A vítima disse aos policiais que os suspeitos o acusavam de ser um X-9, termo que foi escrito nas costas dela de batom. O termo significa que a pessoa é um informante. Neste caso, os suspeitos acusavam a vítima de ser informante da Polícia Militar.
Os policiais procuram agora pelos outros suspeitos, já que a vítima disse ter sido torturada por sete pessoas.

 

 

Crédito: Divulgação PM

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.