terça-feira, 23 de Setembro de 2014 05:35h

Homem fica gravemente ferido após ser agredido por casal

Uma tentativa de homicídio foi registrada neste sábado em Divinópolis. Um homem foi agredido por um casal com uma barra de ferro. A mulher foi presa e o outro suspeito está foragido.

Ezequias Batista de Assis, de 35 anos, deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) com ferimento no crânio, inconsciente e em estado grave. Após receber os primeiros atendimentos, a vítima foi transferida para o Hospital São João de Deus (HSJD) para passar por uma cirurgia.
De acordo com a Polícia Militar, a vítima contou que foi perseguida e atingida por uma barra metálica. Após receber as informações, os militares se deslocaram para a Avenida Anhanguera, no bairro Jardim Candidés, local onde ocorreu a agressão.
Denúncias anônimas foram feitas à Polícia Militar confirmando a versão da vítima. Segundo as denúncias, o homem foi perseguido por um casal que estava em um carro prata e a mulher estaria na direção.
No bairro, os militares abordaram a mulher, de 41 anos, que, segundo as testemunhas, era quem conduzia o veículo. Na garagem da casa da suspeita foi encontrado um carro, com as mesmas características, e em seu um interior um bastão de madeira com respingos de sangue.
Diante das informações e evidencia, a mulher foi presa e conduzida à delegacia com os materiais apreendidos. O carro foi apreendido e removido ao pátio. O marido dela, de 34 anos, que segundo denúncias era quem estava no veículo com ela, não foi localizado.
De acordo com a Polícia Militar, os Bombeiros, ao socorrer Ezequiel, encontraram uma porção e um pequeno tablete de maconha, uma faca e uma caixa de fósforos, no bolso da vítima. Os materiais foram apreendidos.
Segundo informações da assessoria de comunicação do Hospital São João de Deus, a vítima está internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em estado grave, entubado e respirando com a ajuda de aparelhos.

 

 

 

 

 

Formiga
Um jovem, de 26 anos, foi morto a tiros no fim da manhã de sábado, em Formiga. A Polícia Militar foi acionada na Rua Geraldo Roberto Oliveira, no bairro Ouro Verde, onde Dieimes Morais Teles, conhecido como Dieiminho, foi baleado. Quando os militares chegaram e o encontraram em um terreno baldio, nos fundos de uma escola, o jovem já estava sem vida.
Segundo informações da PM, o jovem tentava correr do suspeito dos disparos quando foi atingido. Dieimes Morais tinha passagens pela polícia por envolvimento com o tráfico e a polícia já obteve informações do possível praticante do homicídio. Centenas de curiosos chegaram ao local, muitos preocupados, já que este é o segundo assassinato em menos de um mês no bairro.

 

 

 

Bom Despacho
A Polícia Militar foi acionada no Porque de Exposições de Bom Despacho onde, após um princípio de tumulto, os militares ouviram boatos de que havia ocorrido disparo de arma de fogo em meio à confusão. Em seguida, a vítima, de 23 anos, estava sendo conduzida por populares, os quais diziam que a mesma havia sido alvejada na barriga.
A vítima foi imediatamente colocada no interior da viatura e conduzida ao Pronto Atendimento Municipal, sendo constatada uma perfuração no lado esquerdo do abdômen causada por faca, sendo encaminhada à sala de cirurgias com urgência.
A vítima apresentava sintomas de ter ingerido bebida alcoólica, contudo, estava consciente e disse que pessoas desconhecidas passaram a lhe agredir com cadeiradas, momento em que um rapaz colocou uma mão no seu ombro e com outra mão desferiu-lhe uma facada no abdômen.
Durante o atendimento da ocorrência, a PM recebeu ligação anônima dizendo que o responsável pela facada seria um homem de 37 anos, o qual foi visto pelos policiais no evento um pouco mais cedo. Diante da denúncia, a equipe deslocou-se até a residência do suspeito, contudo, não foi possível averiguar, uma vez que ninguém atendeu ao chamado dos policiais.
O suspeito possui diversas passagens por crimes como homicídio, lesão corporal, furto, dentre outros.

 

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.