quarta-feira, 20 de Novembro de 2013 05:46h Luiz Felipe Enes

Homem foragido é preso pela PM em Divinópolis

Ele tinha passagens por crimes de homicídio, latrocínio e tráfico de drogas

Foi preso nesta segunda-feira (18), um homem com diversas passagens policiais, incluindo crimes como homicídio e latrocínio. Geovane Bispo de Oliveira, 22 anos, estava foragido da polícia, desde o último dia 12 deste mês, quando escapou de uma abordagem realizada por militares em sua casa, próximo à comunidade do Choro.

 


Após a chegada de denúncias à central de operações da Polícia Militar, informando que o suspeito possivelmente estaria traficando drogas no bairro Nossa Senhora das Graças, uma equipe deslocou até o local para comprovar se a denúncia era verídica. Ao chegar à rua Francisco Machado Filho, o suspeito foi visto pela polícia.

 


Durante a abordagem, Geovane tentou fugir e jogou um objeto ao chão. Tratava-se de um revólver calibre 22, com a numeração raspada, contendo cinco munições, sendo elas duas intactas e três deflagradas. Também foram localizadas 36 pedras de crack, todas devidamente embaladas em sacos plásticos e prontas para a comercialização.

 


O rapaz foi preso em flagrante e encaminhado para a delegacia. O suspeito possui diversas passagens pela polícia, por crimes como latrocínio, homicídio, porte ilegal de arma de fogo, furto e roubo de veículos e tráfico de drogas. Geovane também é suspeito de envolvimento em assaltos à mão armada contra taxistas.

 


A FUGA

 


O suspeito havia sido abordado pela Polícia Militar na última terça-feira (12), em sua casa, localizada em um sítio, próximo a BR-494, na comunidade do Choro. Naquela ocasião, o homem chegou a fugir da polícia e ainda revidar, efetuando disparos. Posteriormente não foi mais visto.
No interior da residência, durante buscas a polícia localizou uma espingarda, vários aparelhos eletrônicos e ferramentas diversas. Um veículo com adulteração no chassi também chegou a ser apreendido. As imagens veiculadas pela imprensa auxiliaram a comunidade a identificar e denunciar a localização do suspeito.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.