terça-feira, 27 de Setembro de 2016 16:55h Carina Lelles

Homem mata ex-esposa, ex-sogra e se mata em Pompéu

A ex-esposa estava com a filha do casal no colo, mas mesmo assim o homem atirou. A criança não ficou ferida

Um crime bárbaro deixou os moradores de Pompéu assustados. Na noite de sába­do, um homem, de 31 anos, inconformado com o fim do relacionamento, matou a ex-esposa, de 18 anos, a mãe dela, de 50 anos, e se matou em seguida. O crime foi pre­senciado pela filha do casal e pela ex-cunhada.

De acordo com a Polícia Militar, uma mulher, de 26 anos, que é ex-cunhada do suspeito, contou que o ho­mem chegou na casa das víti­mas, localizada na Rua Eneas de Souza Ribeiro, no bairro Nossa Senhora de Fátima, e disse que não aceitava o fim do relacionamento e não concor­dava com a situação da guarda da filha do casal.

O suspeito sacou a arma e atirou contra a cabeça da vítima, de 50 anos, e, logo em seguida, na cabeça da ex-es­posa, de 18 anos, que estava com a filha do casal no colo. A vítima ainda deitou sobre a menina, de dois anos, para protegê-la. Os disparos não acertaram a criança.

Logo após atirar contra as vítimas, o homem foi para o lado de fora da casa, recarre­gou a arma e atirou contra a própria cabeça. A Polícia Mi­litar foi acionada e encontrou o homem com a arma na mão, já sem vida. As duas mulheres foram socorridas e encami­nhadas para o Pronto Atendi­mento Municipal (PAM), mas não resistiram aos ferimentos.

O revólver calibre 38, uti­lizado no crime, foi apre­endido e a motocicleta do suspeito foi levada para o pátio credenciado ao Detran. Mãe e filha foram enterradas na manhã de domingo, as­sim como o sepultamento do

suspeito.

NOVA SERRANA

Em Nova Serrana, Jorge Luiz de Oliveira Júnior, de 20 anos, foi morto a tiros no bairro São Geraldo. Testemu­nhas contaram aos militares que a vítima caminhava pela Rua Lúcio Alves, no bairro São Geraldo, quando foi cer­cado por dois homens em uma motocicleta. Um deles efetuou os disparos e a du­pla fugiu, não sendo mais

localizada.

O resgate do Corpo de Bombeiros foi acionado, mas a vítima não apresentava mais os sinais vitais. A perícia técni­ca da Polícia Civil foi acionada e, após os trabalhos, foram identificadas três perfurações, sendo nas costas, virilha e testículos. O corpo foi levado para a funerária.

LAGOA DA PRATA

Em Lagoa da Prata, um incidente de trânsito quase termina em morte. De acordo com a Polícia Militar, uma testemunha, que é funcionária de uma lanchonete localizada na Rua Modesto Gomes, no Centro da cidade, contou que o suspeito chegou ao local e foi até o proprietário do estabelecimento, de 23 anos, dizendo “foi você que tirou uma fininha em mim agora a pouco né?”.

Logo após, os dois entra­ram em luta corporal, quando o suspeito pegou uma faca e desferiu um golpe na vítima, fugindo logo em seguida. A vítima foi socorrida e levada para o Pronto Atendimento Municipal (PAM) com feri­mentos no tórax e não corre risco de morrer. O suspeito foi identificado como sendo o filho do dono de um posto de combustíveis, mas não foi localizado.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.