terça-feira, 11 de Fevereiro de 2014 04:57h Atualizado em 11 de Fevereiro de 2014 às 04:58h.

Homem mata o amante a facadas e marteladas

Um crime bárbaro foi registrado na noite de sábado em Lagoa da Prata.

Um homem de 25 anos matou o namorado, de 44 anos, em um sítio na zona rural da cidade. O motivo de tanta violência seria que a vítima agrediu o autor que acabou revidando as agressões.
A Polícia Militar foi procurada por uma denunciante que relatou que ao chegar ao sítio do irmão, encontrou o caseiro, G.N.C, 44 anos, caído ao chão, já sem vida. A testemunha disse que mais cedo, ao passar em frente à porteira do sítio viu quando um rapaz estava saindo do local, usando um veículo Corcel, de propriedade da vítima.
Segundo a testemunha o rapaz era jovem, moreno claro, com cabelos encaracolados. No momento em que a equipe deslocava para a residência rural, deparou com o citado veículo abandonado na estrada. O automóvel foi vistoriado, porém, nada de ilícito fora encontrado, sendo esse removido a um pátio credenciado em Lagoa da Prata.
Ao chegar ao sítio, a equipe policial confirmou a denúncia, sendo acionada a Perícia Técnica que realizou seus trabalhos. Durante os trabalhos periciais, foram constatados vários ferimentos na vítima, principalmente ferimentos na cabeça e perfurações provenientes de instrumento cortante no tórax. No interior da residência havia uma grande quantidade de sangue, evidenciando uma possível luta entre a vítima e o autor.
Ao ser verificado pelos militares, estes detectaram que a residência principal do sítio estava arrombada e com os pertences revirados, contudo, os proprietários não deram falta de nenhum objeto. Após o corpo ser liberado pelo perito à funerária, a equipe policial deslocou a um sítio vizinho, onde J.A.S. 26 anos, relatou que há aproximadamente três dias estava vendo a vítima com um indivíduo em sua casa e a descrição passada por J. se assemelha a descrição passada pela testemunha.
Em seguida, militares se deslocaram até a residência de um amigo da vítima que explanou que nos últimos dias um indivíduo conhecido como E, que é usuário de drogas, estava sendo visto na casa da vítima. Diante das informações, a equipe deslocou à residência do autor E.G.G.B, 25 anos que ao ser questionado, relatou que há aproximadamente um ano e meio vinha mantendo um caso amoroso com a vitima que nesta data sem nenhum motivo o agrediu.
O autor declarou que em razão da agressão sofrida, iniciou-se uma luta corporal com a vítima e durante esta apoderou-se de uma faca que estava na cozinha e desferiu alguns golpes contra o homem. Devido aos ferimentos, a vítima caiu, sendo que o autor então se apossou de um martelo, golpeou-o na cabeça e por fim, como a vítima ainda estava viva, bateu com uma pedra em sua cabeça até a morte.
Questionado sobre a motivação de arrombar a residência principal do sítio, o autor relatou que estava procurando as chaves do veículo da vítima para poder fugir do local. Foram apreendidos uma faca de cozinha, com aproximadamente quinze cm de lâmina, suja com sangue, um martelo e um aparelho celular marca LG cor preta. O autor recebeu voz de prisão, sendo encaminhado à Delegacia de Polícia Civil.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.