sábado, 12 de Março de 2016 07:25h

Homem morre em confronto com a PM após tentar assaltar taxista

O taxista também foi baleado e um jornalista precisou ser levado ao hospital depois de passar mal ao ver as cenas em frente ao estádio Juca Pedro, em Formiga

Na noite desta quinta-feira, um homem, de 29 anos, morreu em um confronto com a Polícia Militar em frente ao estádio Juca Pedro, onde ocorria a partida Formiga x Mamoré, pelo módulo II do Campeonato Mineiro.  Ele fazia um taxista de refém, que tentou chamar a atenção dos policiais assim que passou em frente ao estádio, dando início a um tiroteio.
De acordo com a Polícia Militar, o taxista, de 59 anos, contou que o suspeito, Carlos Henrique de Souza, entrou no táxi e anunciou o assalto, o fazendo refém pelas ruas da cidade. Ao chegar na porta do estádio, o taxista tentou chamar a atenção dos militares e o criminoso ficou nervoso e atirou contra a vítima.

 


Os militares ouviram o barulho do disparo e, ao tentar abordar o suspeito, foram recebidos a tiros. Os policiais revidaram e acertaram o criminoso, que chegou a ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros, mas morreu antes de chegar ao hospital.
O taxista foi atingido na coxa e encaminhado para a Unidade de Ponto Atendimento (UPA) e depois transferido para a Santa Casa e não corre risco de morrer. O assessor de imprensa do Mamoré, ao ver toda a situação, sofreu um ataque cardíaco e também foi levado para a UPA e tem o quadro clínico estável.
Nenhum torcedor ou popular ficou ferido, mas alguns veículos estacionados próximo ao local do tiroteio foram alvejados.

 

Créditos: Divulgação

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.