terça-feira, 15 de Dezembro de 2015 09:22h Atualizado em 15 de Dezembro de 2015 às 09:26h. Carina Lelles

Homem pode ficar cego após ser esfaqueado no Buritis

No bairro Porto Velho, um jovem foi morto a tiros e várias cidades da região também registraram assassinatos no fim de semana

Um homem, de 39 anos, está internado em estado grave após ser esfaqueado no Buritis, na zona Rural de Divinópolis. Ele corre o risco de ficar cego e perder o movimento de um dos braços, devido às lesões causadas na agressão. No fim de semana, cinco pessoas foram assassinadas em cidades da região.
De acordo com a Polícia Militar, Vanderlei Luiz de Rezende, de 39 anos, estava jogando baralho em um bar, no início da tarde deste domingo, na comunidade de Buritis, quando um adolescente, de 17 anos, chegou desferindo facadas contra ele.
Ainda de acordo com a Polícia Militar, testemunhas contaram que o suspeito, que é usuário de drogas, e a vítima já tiveram um desentendimento há alguns dias. A vítima foi encaminhada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) em estado grave.
De acordo com a assessoria de comunicação da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), Vanderlei foi transferido para o Hospital Santa Mônica. A Unidade de Saúde não passou informações sobre o estado de saúde do paciente. De acordo com a Polícia Militar, a vítima corre o risco de ficar cega e perder o movimento do braço esquerdo, devido às lesões causadas pelas agressões. O adolescente fugiu e não foi localizado.
 

Porto Velho
Na noite de sexta-feira, um jovem, de 23 anos, foi morto a tiros no bairro Porto Velho. De acordo com a Polícia Militar, moradores disseram apenas ter ouvido os estampidos e depois barulho de carro e moto.
No local, os militares encontraram Leandro Theodoro Miranda da Silva, de 23 anos, já sem vida. O jovem, que possuía passagens por tráfico, furto e receptação, foi alvejado por quatro disparos. Nenhum suspeito foi identificado.

 

Nova Serrana
Neste domingo, Nova Serrana registrou mais um homicídio. O fato aconteceu no bairro Santo Antônio. De acordo com a Polícia Militar, populares denunciaram que havia uma pessoa caída no chão com ferimentos de arma de fogo.
O Corpo de Bombeiros foi acionado e constatou que a vítima já estava sem vida. Júnio Pereira da Silva, que não teve a idade revelada, possuía nove perfurações pelo corpo, sendo uma na cabeça, duas no rosto e seis no tórax. Não se sabe a autoria e nem a motivação do crime.

 

Pitangui
Em Pitangui, também foi registrado um homicídio neste domingo. Populares acionaram a Polícia Militar e contaram ter ouvido barulho de disparos de arma de fogo na Praça Bandeirantes, no bairro Penha. No local, os militares encontraram Lucas Camilo de Almeida, de 21 anos, baleado e já sem vida.
De acordo com a Polícia Militar, a vítima possui diversas passagens criminais. Testemunhas informaram que dois indivíduos, ocupando uma motocicleta de trilha, efetuaram os disparos e fugiram. Nenhum suspeito foi localizado.

 

Luz
Em Luz, uma disputa por herança acabou na morte de um homem, de 53 anos, na zona rural do município. De acordo com a Polícia Militar, o sobrinho da vítima, de 37 anos, contou que, após uma discussão entre o pai e a vítima, ele pegou uma enxada e bateu contra a cabeça do tio.
Ainda segundo o suspeito, a vítima ficou agonizando no chão e que o pai dele, cunhado da vítima, pegou a enxada e a golpeou mais vezes até fraturar o crânio. O sobrinho foi preso e o pai dele fugiu e ainda não foi localizado.

 

Pará de Minas
Em Pará de Minas, um homem, de 41 anos, foi morto a tiros na noite de sexta-feira, na Rua Francisco Assis Marinho, no bairro Recanto. De acordo com a Polícia Militar, o Corpo de Bombeiros foi acionado, mas Luzeir Rodrigues de Souza já estava morto.
De acordo com o filho da vítima, dois homens armados chegaram ao bar, de propriedade da vítima, ordenando que todos deitassem no chão. Os suspeitos efetuaram cinco disparos contra Luzeir. Um dos tiros atingiu o filho da vítima de raspão. Nenhum suspeito foi preso.

 

Créditos: Divulgação PM

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.