terça-feira, 25 de Novembro de 2014 05:05h

Homem pode ter sido vítima de latrocínio no Jardinópolis

Um homem, de 54 anos, morreu após levar pelo menos quatro facadas dentro de casa no bairro Jardinópolis

A casa estava com marcas de sangue e revirada, o que levanta a hipótese de latrocínio – roubo seguido de morte.
O crime aconteceu neste domingo. De acordo com a ocorrência, denúncias feitas à Polícia Militar informavam que um homem estava caído no chão, aparentando estar morto, na Rua Pedestre, no bairro Jardinópolis.
No local, os policiais encontraram Edson Alves, de 54 anos, com quatro perfurações: três no peito e uma na barriga. O resgate do Corpo de Bombeiros foi acionado e levou a vítima para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA). A vítima não resistiu aos ferimentos e morreu ao dar entrada na unidade de saúde.
O perito da Polícia Civil foi acionado e constatou que na sala da casa da vítima tinha sangue e sinais de luta. O guarda roupas do quarto da vítima estava revirado, o que levanta a suspeita de latrocínio.
Ainda de acordo com a ocorrência, na cozinha foi encontrada uma faca de aproximadamente dez centímetros suja de sangue que pode ter sido usada no crime. Nenhum suspeito foi localizado.

 

 

Tiro no pênis
Um jovem, de 18 anos, foi atingindo por um disparo de arma de fogo que lhe feriu o pênis e a coxa esquerda. O tiro saiu da própria arma do jovem, que disparou após ele colocá-la no bolso.
De acordo com a Polícia Militar, o jovem havia roubado, poucos momentos antes do incidente, uma motocicleta no bairro Cidade Nova, em Nova Serrana, e fugido para a própria casa.
Quando a arma disparou e causou-lhe os ferimentos, o rapaz ainda trocou as roupas que havia usado durante o assalto e acionou a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros, alegando que havia sofrido uma tentativa de homicídio por dois indivíduos desconhecidos que passaram em uma motocicleta na porta de sua casa e realizaram os disparos.
Desconfiados, os policiais fizeram uma varredura pela casa e encontraram roupas sujas de sangue. Neste momento ficou claro que o próprio jovem havia se ferido por acidente, uma vez que sua bermuda apresentava apenas um furo no forro interno da peça e nenhuma marca que provasse o disparo provocado por outra pessoa.
Além das roupas, a polícia ainda encontrou a motocicleta roubada, 37 pedras de crack, duas buchas de maconha e dois capacetes, utilizados no assalto da motocicleta. Fotos do jovem, mais as roupas encontradas, foram levadas até o proprietário do veículo roubado, que prontamente reconheceu-o como o assaltante.
O jovem foi socorrido na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e não corre risco de morte. Após receber alta ele será preso por tráfico de drogas, falsa comunicação de crime e assalto a mão armada.
Informações Jornal O Popular / NS

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.