sexta-feira, 17 de Fevereiro de 2012 10:21h Atualizado em 17 de Fevereiro de 2012 às 11:11h. Paulo Reis

Homem suspeito de participar de quadrilha é detido em Pará de Minas

Envolvido foi preso com três veículos furtados e armas de fogo

A Polícia Militar apreendeu na tarde da última quarta-feira (15), no Bairro Dom Bosco em Pará de Minas, um Toyota envolvida em diversos crimes de assaltos e furtos na cidade e região. O condutor do veículo também foi preso.
O veículo estava sendo procurado há alguns dias pela 19ª Companhia da Polícia Militar de Pará de Minas, já que o carro havia sido denunciado por inúmeras vezes.
Uma equipe de Militares do Tático Móvel se deparou com o carro suspeito na avenida Presidente Vargas, no bairro Raquel. Ao perceber que a Polícia se aproximava o condutor do veículo iniciou uma fuga pelas ruas da cidade. 
A perseguição só parou quando o condutor abandonou o Corolla no bairro Jardim Beatriz e fugiu a pé até a rua Dores do Indaiá onde o mesmo havia alugado uma garagem há cerca de três anos. O fugitivo foi preso no local.
Durante busca os policiais encontraram na cintura do suspeito uma pistola calibre 380
com várias munições.
Os oficiais, localizaram dentro da garagem um Astra licenciado em Pará de Minas e uma motocicleta Honda Falcon, cor vermelha, com placa de Divinópolis. Os Militares ressaltaram que os dois veículos e o Corolla, que estava com placa de São João Del-Rey, são furtados.
No interior do Astra, os PMs acharam outra pistola calibre 380 carregada, uma mochila, roupas e uma touca ninja. No Corolla havia um rádio de comunicação, diversas munições das duas armas, placas e chaves de veículos, selos de placas partidos, faca, ferramentas e um colete à prova de balas.
Os Policiais Militares afirmaram que não descartam a possibilidade do homem preso fazer parte de uma quadrilha especializada em roubos à mão armada, furtos e arrombamentos a residências.
Dentre os crimes praticados pela quadrilha está o assalto a um posto de combustíveis na avenida Ovídio de Abreu, região do Bairro Belvedere, há um mês. Na ocasião, dois homens armados renderam os funcionários e roubaram aproximadamente R$200,00 mil em cheques e dinheiro.
Um dos funcionários do posto, que preferiu não ser identificado, esteve na rua Dores do Indaiá, onde foi feita a prisão, e reconheceu o assaltante. Segundo ele, o suspeito aparece nas imagens do circuito interno de segurança com uma das armas de fogo na mão.
O gerente do posto que também foi rendido no dia do crime não teve dúvidas em reconhecê-lo como sendo um dos autores.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.