segunda-feira, 13 de Maio de 2013 05:22h Erik Ullysses

Homem suspeito de pedofilia é preso em Divinópolis

Justiça emitiu mandado de prisão para que o caso possa ser investigado. Ele é suspeito de abusar de pelo menos quatro crianças em Divinópolis

Um homem de 57 anos foi preso durante a noite de quinta-feira (09) por suspeita de Pedofilia. Valdeci Geraldo Alves dava aulas de violão para crianças em sua residência. Na semana passada uma mãe denunciou os abusos que suas filhas teriam sofrido do professor. Desde então novos casos apareceram e a justiça emitiu um mandado de prisão para o suspeito. O caso está sendo investigado pela Delegacia de proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso.

De acordo com uma das mães, as duas filhas, uma de sete e a outra de 11 anos, faziam aula de violão com o suspeito. Ela começou a desconfiar do professor quando sentiu mudanças no comportamento das filhas e percebeu que as mesmas começaram a chegar em casa com presentes dados por Valdeci. A mãe afirmou que as garotas já ganharam caixa de bombom, balas e até cinco reais. A garota de sete anos contou para a mãe que o homem chegou a passar a mão em suas pernas e a fazer caricia em seu ombro. A irmã mais velha confirmou ter visto Valdeci com a garota no banheiro. O suspeito de pedofilia teria mostrado ainda para as crianças vídeos pornográficos que estavam em seu celular. Ele, no entanto negou todas as acusações.

Esta não foi a primeira prisão de Valdeci. Na semana passada, logo após a primeira mãe denunciar os abusos sofridos pelas filhas, ele foi preso e encaminhado à Delegacia. Como não havia provas dos fatos e não tinha sido preso em flagrante, ele foi solto. Posteriormente, Valdeci voltou a ser preso. Dessa vez por desobediência, sendo novamente liberado, já que este crime não qualifica prisão. No entanto, desde a primeira prisão do homem já havia sido instaurado o inquérito.

A prisão de quinta-feira (09) ocorreu em decorrência de um mandado de prisão temporário expedido pela justiça com validade de cinco dias. A Polícia Militar compareceu à rua Alice Bueno, no bairro Icaraí, onde procederam a abordagem e prenderam Valdeci. A residência onde o suspeito se encontrava é de sua mãe. Ele foi levado para a Delegacia de Polícia civil e posteriormente foi encaminhado para o presídio Floramar.

Logo após as denúncias da primeira mãe outras que tinham seus filhos como alunos do professor de violão também fizeram denúncias na Delegacia. Segundo informações recebidas por nossa reportagem, até o momento mães de quatro crianças já procuraram a Delegacia para relatar abusos sofridos por seus filhos, mas a Polícia Civil já tem o conhecimento de que pelo menos oito crianças já teriam sido vítimas de Valdeci.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.