quinta-feira, 21 de Novembro de 2013 04:36h Luiz Felipe Enes

Homem suspeito de roubar carros foge da delegacia em Divinópolis

Outros dois também estavam envolvidos nos roubos aos veículos. Na delegacia, um rapaz de 21 anos conseguiu romper a algema e escapar

Um rapaz de 21 anos conseguiu escapar de dentro da Delegacia de Polícia Civil, em Divinópolis. Ele havia sido preso, por suspeita de envolvimento em um assalto, ocorrido na madrugada de quarta-feira (20).

 


O suspeito estava algemado no local destinado a abrigar detentos no interior da delegacia. Após inúmeras tentativas de conseguir romper a algema, o rapaz conseguiu se soltar e fugiu. Logo depois de escapar, a polícia encontrou o suspeito escondido na cobertura de uma padaria, no Centro de Divinópolis. 

 


De acordo com a Polícia Civil, o suspeito foi preso em flagrante após ter roubado três veículos em Divinópolis. O primeiro assalto foi registrado no trevo de acesso a BR-494, próximo ao parque de exposições. A vítima contou à Polícia Militar que três homens armados e encapuzados chegaram próximos a seu veículo, um GM/Celta e levaram o automóvel.
Após terem cometido o primeiro assalto, os envolvidos ao retornar, nas imediações do bairro São Judas, também em Divinópolis aproximaram de um GM/Corsa e dessa vez, outro suspeito, armado com um revólver ameaçou as vítimas e levou o carro. Toda a ação criminosa durou cerca de uma hora.
O último veículo roubado pelos suspeitos foi abandonado próximo a Nova Serrana. Nesse mesmo instante, Militares da cidade em contato com a Polícia Militar de Divinópolis informou que um veículo, com as mesmas características havia sido localizado por lá e disseram que um Fiat Uno foi roubado e que o destino seria Divinópolis.

 


Um cerco foi montado pelos policias de Divinópolis, no trevo de acesso à cidade, na BR-494. Ao se aproximar, o motorista do carro tentou furar o bloqueio policial. Em alta velocidade, o condutor do veículo perdeu o controle da direção e bateu contra outro carro, que vinha em direção contrária.
Logo depois da batida, os três ocupantes do carro fugiram em direção a um matagal próximo. Dois deles foram capturados pela polícia e reconhecidos pelas vítimas, por envolvimento nos roubos de carro. Um dos suspeitos, um menor de 15 anos confessou a participação no assalto e foi apreendido. Já o rapaz de 21 anos, o mesmo que fugiu da delegacia se apresentou como Arnaldo.

 


DESCOBERTAS

 


Permaneceram durante todo o dia de ontem na delegacia, o menor de 15 anos e o suspeito, identificado como Arnaldo, que conseguiu danificar a algema e escapar, enquanto aguardava a confecção do Boletim de Ocorrência e autuação expedida pelo delegado.
Mas as descobertas não param por aí. Na sede da Delegacia, foi descoberto que o homem usava uma documentação falsa, e seu nome não era Arnaldo. Durante consultas feitas, foi identificado que o rapaz tinha várias passagens pela polícia, incluindo crimes como tentativa de homicídio, tráfico de drogas e existia um mandado de prisão aberto contra ele.

 


O delegado da divisão de furtos e roubos de veículos da Polícia Civil, Ed Elvis Rodrigues Garcia disse que o fato de ter escapado da delegacia não releva a situação, mas os danos à algema configuram crime. “Ele será indiciado por dano ao patrimônio público, justamente por ter danificado a algema da Polícia Militar”, explica.

 


Além de responder por crime ao patrimônio, o suspeito será indiciado por crime de roubo qualificado, porte de arma de fogo além do uso de documentação falsa. “O uso de documentação falsa também será acrescentando, mas é um crime considerado de pena baixa”, conclui o delegado Ed Elvis.
O menor deve responder a um ato infracional, referente a roubo e porte de arma. Medidas sócio educativas serão aplicadas ao menor. O terceiro envolvido ainda não foi encontrado, mas a polícia prossegue em rastreamento.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.