quarta-feira, 10 de Outubro de 2012 11:05h Erik Ulysses

Homens que assaltaram agência bancária e lotérica em Campos Altos são presos em Bambuí

Cinco homens que assaltaram uma agência bancária e uma casa lotérica na cidade de Campos Altos, no alto Paranaíba, na última segunda-feira foram presos pela Polícia Militar em Bambuí na manhã de ontem. Os suspeitos teriam roubado uma caminhonete no município de Pratinha na manhã de ontem e fugiram para Bambuí, vindo a se esconderem em uma universidade.

 


Segundo a PM os assaltos ocorreram de forma simultânea na Rua Doutor Getúlio Portela, no Centro de Campos Altos. Sete homens encapuzados e armados teriam invadido os estabelecimentos e furtado cerca de 7.400 reais. Os suspeitos teriam então fugido no sentido a Pratinha.

 

De acordo com o capitão Wellington Levy Teixeira, comandante da 241ª Companhia da Polícia Militar, com sede em Arcos, os assaltantes roubaram um veículo em Pratinhas e evadiram em Direção a Bambuí. “Houve o assalto no banco e na casa lotérica lá em Campos Altos, pela manhã esse pessoal continuou foragido na zona rural dos municípios ali próximos a Campos Altos. Hoje pela manhã eles tomaram uma caminhonete de assalto no município de Pratinha e deslocaram nessa caminhonete em sentido a Bambuí” contou o comandante. A PM então montou uma operação de cerco bloqueio, e conseguiu parar os assaltantes.

 

O capitão Levy contou que os bandidos ainda tentaram fugir novamente, mas foram recuperadas pela Polícia. “Quando eles avistaram a Polícia eles ainda tentaram fugir, uns pelo mato, o outro aí entrou em uma dependência do Instituto Federal, mas conseguimos alcançá-los e prendê-los” afirmou. Durante a operação de cerco bloqueio também foi utilizada a aeronave da PM, Pégasus.

 

Foram apreendidos com os suspeitos uma parte do dinheiro roubado na segunda-feira, cerca de 2.320 reais, e cinco revolveres calibre 38, além de uma espingarda cartucheira de calibre 36. Dos suspeitos dois são da cidade de Lagoa da Prata, possuindo passagens pela Polícia Militar por assalto e assassinato, sendo um deles menor de idade. Os outros três não estavam com documentos, mas conforme explicou o capitão Levy, ambos afirmaram ser de Divinópolis.

 

Ainda segundo o comandante Levy, ainda existem dois foragidos, uma vez que segundo as informações de testemunhas de Campos Altos seriam sete os responsáveis pelos assaltos. “A suspeita é de que ainda tenham dois foragidos, porque segundo testemunhas lá de Campos Altos seriam sete os autores e nós conseguimos efetuar a prisão de cinco. Então a suspeita é de que tenha dois que estão foragidos ainda” afirmou o comandante.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.