quarta-feira, 2 de Novembro de 2011 14:08h Paulo Reis

Homícidio no Primavera

Homem foi executado com vários tiros quando saía de casa

Um homem de 23 anos foi assassinado na manhã de ontem (01), enquanto saia de casa na rua Flamboyant esquina com rua Begônia, bairro Primavera. Este é o 20º homicídio do ano na cidade.


De acordo com alguns moradores, a vítima seguia sentido a um carro quando foi atingido por aproximadamente 12 disparos de uma arma de nove milímetros. Os tiros atingiram a cabeça e o tronco de Hudson Maciel Militão.


Testemunhas afirmam que um indivíduo em um carro preto efetuou os disparos e fugiu. Não foi possível levantar mais características do suspeito ou do veículo, ou ainda se ele estaria acompanhado.


Segundo a PM, Hudson já tinha passagens policiais por homicídio, porte de armas e falta de habilitação de motorista.
A Polícia Civil encontrou no bolso da bermuda da vítima uma chave do carro que estava estacionado em frente ao corpo. Os civis efetuaram buscas em todo o veículo, mas não encontraram nada que pudesse ajudar nas investigações.


O comandante do 23º Batalhão da Polícia Militar, tenente coronel Júlio Teodoro, esteve no local e reforçou a preocupação dos militares quanto ao número de homicídios no município. Relembrou ainda a importância do projeto “Pacto pela Vida” que trabalha inúmeras estratégias para combater a reincidência de crimes desta natureza.


Quanto ao crime desta terça-feira (01), o tenente coronel Júlio afirmou já haver uma equipe do serviço de inteligência investigando as possíveis causas do fato. E a parceria entre as polícias Civil e Militar será de grande valia para encontrar o ou os culpados pela morte do jovem de 23 anos.


Algumas viaturas da Polícia Militar promoveram a ronda em diversas ruas do bairro, mas até o fechamento desta edição nenhum culpado havia sido encontrado

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.