quarta-feira, 21 de Maio de 2014 05:43h Atualizado em 21 de Maio de 2014 às 05:45h. Carina Lelles

Igreja e prefeitura emitem nota de pesar após morte de operário

Na manhã desta terça-feira foram emitidas notas de pesar pelo falecimento de Igor Alexandre Trindade, de 23 anos, após o desabamento da estrutura da torre da igreja Nossa Senhora do Líbano, em Carmo do Cajuru.

O município, através do prefeito, José Clarete Pimenta, se solidariza com os familiares e amigos das vítimas, fatal e ferido, já que um homem ainda está internado em consequência da queda. “Ficamos sensibilizados com a notícia do desabamento da cúpula da Igreja do Líbano, pelo marco trágico na construção. A cidade está triste com o ocorrido e lamenta profundamente o fato. Visitei o Padre Raimundo na noite de ontem e pude perceber o quanto o mesmo estava abalado com a situação. Como representante do povo, lamento muito o acontecimento”, declarou o prefeito.
O bispo eleito de Divinópolis, Monsenhor José Carlos Campos, também emitiu nota e disse: “Grandes são as perdas materiais, mas irreparável e irrestituível a perda humana do jovem Igor Alexandre Trindade, de 23 anos, que trabalhava na obra quando do acidente. Manifestamos nossa solidariedade à família do jovem, que empenhava sua vitalidade na construção de uma casa, entre nós, para o Senhor. Elevamos também nossas preces pela comunidade paroquial e seu pastor, Padre José Raimundo Bechelaine, para que olhem para além dos fatos, agora sofridos e tristes, e reconstruam seus sonhos de ver pronta uma casa para o Senhor e a Virgem do Líbano. Pedimos também ao Bom Deus que conceda pleno restabelecimento a um segundo operário que ficou ferido e está hospitalizado. Que Deus cuide de nós, em nossas angústias e esperanças.”

 

Esclarecimentos
A Paróquia Nossa Senhora do Líbano, sobre o acidente ocorrido nas obras de montagem da cúpula da Igreja declara que:
1. Em primeiro lugar e acima de tudo, entristece-nos profundamente a perda de uma vida jovem, o operário, Igor Alexandre Trindade. Manifestamos à família nossa sincera solidariedade, estamos unidos na dor deste momento.
2. Outro operário encontra-se hospitalizado. Aguardamos e desejamos a sua recuperação.
3. Estamos seguros de que as obras estavam sendo realizadas de acordo com os projetos competentes e que a empresa contratada para este serviço é devidamente qualificada, dispondo de referências sólidas no cenário nacional.
4. Estaremos aguardando a perícia e o laudo técnico que identifiquem as causas que levaram ao ocorrido.
5. Este é um momento de provação para todos os envolvidos. Conclamamos à comunidade paroquial para que permaneça unida e confiante. Agradecemos à sociedade cajuruense, às suas lideranças e autoridades, bem como a todos que manifestam e compartilham conosco seu apoio e presença.
6. Confiamos no Senhor, nossa força, e na intercessão da Virgem Maria.

 

Crédito da foto: Carina Lelles

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.