terça-feira, 12 de Agosto de 2014 10:26h

Irmãos são suspeitos de esfaquear e matar jovem em Carmo da Mata

Nas redes sociais, internautas apontam supostos autores de homicídio

Uma série de postagens em uma rede social, promovidas durante o domingo, colaboraram para que as Polícias Militar e Civil iniciassem investigações no intuito de localizar os dois suspeitos de matar a facadas Wanderlei Rocha, na madrugada de sábado, após confusão que teve início na Praça Joaquim Afonso Rodrigues (Matriz) e desfecho na entrada do hospital, momento em que o jovem levou várias facadas.
Na manhã de ontem, a Polícia Militar confirmou que os dois principais suspeitos do crime são os irmãos Arthur e Bernardo Barreto. "Desde o ocorrido na madrugada, coletamos informações de várias testemunhas e amigos da vítima, que confirmaram que os autores se tratavam dos dois irmãos. Já realizamos várias buscas e ainda estamos realizando. Uma informação ainda não oficial dá conta que eles podem se entregar a qualquer momento", relatou uma fonte da Polícia Militar, destacando que as denúncias nas redes sociais por parte de amigos colaboraram no levantamento dos nomes dos suspeitos foragidos da polícia.
Amigos de Wanderlei (Negão), inconformados com o trágico homicídio, atiraram pedras e quebraram os veículos dos acusados como forma de vingança. Os carros chegaram a ser rebocados de suas residências ontem por um guincho credenciado do Detran.
No entanto, amigos dos acusados, também nas redes sociais, alegam que eles agiram desta forma por sempre serem surpreendidos pela vítima. A PM confirmou que antes do crime outras ocorrências de brigas envolvendo a vítima e os acusados já haviam acontecido e que, inclusive, teriam sido chamados na delegacia.

 

 

 

Crédito: Reprodução

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.