quarta-feira, 11 de Dezembro de 2013 09:00h Luiz Felipe Enes

Jovem é agredida após se dizer homossexual

Foi em São Gonçalo do Pará. O pai é suspeito de agredir a filha com secador de cabelo

Assumir a sexualidade se tornou um fato comum nos dias atuais. Embora exista uma força que apoie a condição e defenda os homossexuais, as agressões físicas e psicológicas ainda são realidade para muitos. São Gonçalo do Pará, distante 24 quilômetros de Divinópolis, registrou um caso de agressão, envolvendo uma jovem de 18 anos. 
Segundo informações repassadas pela Polícia Militar, a jovem chegou a sua casa no último domingo (8), e foi agredida com a tomada de um secador de cabelo. A vítima procurou a polícia para registrar o boletim de ocorrência. Ela contou aos Militares que foi o próprio pai quem a agrediu, por estar inconformado com a sua sexualidade. 
Ainda de acordo com a PM, a família forneceu outra versão; a de que a jovem havia chegado tarde em casa e, durante conversa com a mãe, a vítima de 18 anos veio a se exaltar. A mãe acabou passando mal e o pai da jovem também entrou na discussão, vindo a agredi-la. A própria vítima se deslocou até uma unidade de saúde e procurou por atendimento médico.
Com os laudos médicos na mão, a vítima procurou a Polícia Militar e fez o boletim de ocorrência contra o pai. A jovem esteve em Divinópolis para realizar o exame de corpo de delito. Um inquérito pelo crime de lesão corporal deve ser aberto e encaminhado à justiça, diz a Polícia Militar.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.