quinta-feira, 13 de Fevereiro de 2014 05:18h

Jovem é executado a tiros em Pará de Minas

O comerciante de veículos usados, Tiago Amâncio Pereira, de 25 anos, mais conhecido como Tiagão, foi encontrado morto.

O comerciante de veículos usados, Tiago Amâncio Pereira, de 25 anos, mais conhecido como Tiagão, foi encontrado morto, no sítio alugado por ele na região de Estação do Carioca, na zona rural de Pará de Minas.
Tiago estava caído na varanda da casa e havia diversas cápsulas e projéteis de pistola calibre 380 espalhadas nas proximidades do corpo. De acordo com familiares, o comerciante roçava os arredores da casa com uma máquina quando foi surpreendido pelo atirador ou atiradores.
Rubens da Silva Amâncio é tio da vítima e diz que Tiagão não chegou a comentar que estava sendo ameaçado.
O pai do rapaz, Edward Pereira Lima esteve no local e também disse que Tiago não estava sendo ameaçado. Ele ressalta, entretanto, que no mês de janeiro, o filho teve um desentendimento com os seguranças de uma festa em Capoeira Grande, zona rural de Onça de Pitangui, quando o show de uma dupla serteneja acabou não sendo realizado.
Sargento Welyton, comandante da Polícia Militar de Igaratinga, foi o responsável pelo registro da ocorrência. O militar esclarece que Tiago Amâncio Pereira possui uma passagem por porte ilegal de arma de fogo. Ele afirma ainda que não existe qualquer informação que possa ajudar na elucidação da autoria do assassinato.
A perícia e uma equipe da Delegacia de Homicídios da Polícia Civil de Pará de Minas também estiveram no sítio à procura de pistas que possam ajudar nas investigações. Segundo informações, outro homem estava no sítio na companhia de Tiago Pereira e teria fugido pelo matagal ao perceber os disparos.
Próximo ao corpo e no local onde ele roçava o mato, a perícia encontrou cerca de 8 cápsulas de pistola 380. Alguns projéteis também foram recolhidos.
A Polícia Militar chegou a abordar um homem que caminhava nas proximidades do sítio, mas ele alegou que procurava por frutas. Ele, que tem passado de crimes, foi encaminhado para a Delegacia de Polícia de Pará de Minas, porém, foi liberado por falta de provas.
O corpo de Tiago Amâncio Pereira foi encaminhado para necropsia em Pará de Minas. De acordo com familiares, ele é natural de Onça de Pitangui, mas estava residindo em Pará de Minas havia uma semana.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.