terça-feira, 28 de Abril de 2015 10:36h Carina Lelles

Jovem é morta a facadas após briga com o marido

Em Nova Serrana, um adolescente morreu e outro ficou gravemente ferido após serem baleados. Em Cláudio também foi registrado homicídio no fim de semana

O fim de semana foi de violência em algumas cidades da região. Cláudio, Nova Serrana e Abaeté registraram homicídios e tentativa de homicídio. Nenhum dos suspeitos dos crimes foi preso.
Na noite deste domingo, uma jovem, de 18 anos, foi morta após uma briga com o marido, de 44 anos. Os vizinhos ouviram a discussão do casal, na Rua Antônio Teodoro, no bairro São Pedro em Abaeté, e acionaram a Polícia Militar (PM), que encontrou a jovem morta dentro de casa.
De acordo com a Polícia Militar, os vizinhos contaram que o marido da vítima fugiu, após o crime, levando a faca utilizada durante a briga. A perícia foi acionada e contatou que a mulher foi morta com um golpe de faca no peito.
A Polícia Militar procura pelo suspeito que ainda não foi localizado.

Nova Serrana
Duas pessoas foram baleadas na madrugada de sábado (25), quando saíam de uma festa no Centro de Nova Serrana. Elas foram socorridas por terceiros e levadas para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade.
De acordo com a Polícia Militar (PM), testemunhas disseram que dois indivíduos, ocupando duas bicicletas, surpreenderam as duas vítimas e atiraram várias vezes, fugindo logo em seguida. Matheus Fernandes Oliveira, de 15 anos, foi atingido na cabeça, não resistiu aos ferimentos e morreu ao dar entrada na Unidade de Saúde. Fábio Rodrigues dos Santos, de 23 anos, foi ferido gravemente no tórax e continua internado na UPA.
As vítimas possuem passagens por roubo e tráfico de drogas na cidade. A motivação e os suspeitos do crime ainda não foram descobertos.

Cláudio
Na noite de sexta-feira (24), a Polícia Militar (PM) foi acionada por populares na Rua Araucárias, no bairro São Bento, em Cláudio, informando que um homem estava caído no chão, com ferimento na cabeça.
No local, os policiais militares encontraram Silas Claro da Silva, de 32 anos, sem sinais vitais. De acordo com a Polícia Militar, a vítima era usuária de drogas e possivelmente o crime tenha sido motivado por acerto de contas.
Uma testemunha disse aos policiais que viu, de longe, uma pessoa correndo, mas não foi possível passar mais informações devido à iluminação precária do local. A perícia esteve no local e constatou que a vítima foi atingida por um tiro na cabeça. Nenhum suspeito foi localizado.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.