quarta-feira, 15 de Junho de 2016 16:17h Carina Lelles

Leonardo Pio assume o comando da 1ª Delegacia Regional

Aos 33 anos, Leonardo Pio é o mais jovem Delegado a assumir a 1ª Delegacia Regional de Polícia Civil, que abrange as cidades de Divinópolis, Carmo do Cajuru, Itaúna, Itatiaiuçu e Cláudio

POR CARINA LELLES

carina.lelles@gazetaoeste.com.br

 

No último sábado, foi publicado no Diário Oficial a nomeação de Leonardo Moreira Pio para responder pelo expediente da 1ª Delegado Regional do 7º Departamento de Polícia Civil. Ele irá assumir o lugar de Fernando Vilaça, que irá se aposentar.

Há sete anos na Polícia Civil, Leonardo Pio tem grandes desafios pela frente. “Estou entrando para a história de Divinópolis como o mais jovem Delegado Regional. Dentro de um contexto nacional, a Polícia Civil parte para um enfrentamento de crimes contra o patrimônio, contra a vida e tráfico de drogas, que são os crimes que têm assolado a comunidade. A Delegacia atende, além de Divinópolis, outras quatro cidades e, olhando o contexto da região, estes crimes têm perturbado também estes locais. A Polícia Civil, uma vez ocorrido o fato criminoso, articula meios para a apuração e responsabilização dos fatos, para dar a população o sentimento de justiça”, ressalta.

 

 

 

Mesmo com a criminalidade em alta, o Delegado regional afirma que a cidade se mantém em uma condição razoável. “Montamos uma equipe de transição e estou recebendo todo o diagnóstico de Divinópolis e das demais cidades. Apesar das dificuldades que temos encontrado, Divinópolis ainda se mantém em uma condição relativamente confortável. Não está tudo bem, temos situações que precisamos melhorar, como o nosso efetivo”, afirma.

 

 

 

Mil investigadores estão em treinamento na Academia de Polícia e serão designados em agosto para as delegacias do estado. “Já apresentamos uma proposta para o Superintendente Geral e para a Chefe de Polícia da demanda das cinco cidades que compõem a 1ª Delegacia Regional e as cidades do 7º Departamento para conseguirmos fazer a recomposição do nosso efetivo para o quadro de investigadores. Para as demais carreiras, juntamente com a chefia de Polícia e as lideranças políticas da cidade, vamos dar prosseguimento ao trabalho do Fernando [Vilaça] para aumentar o efetivo, melhorar a infraestrutura e tudo que viabilize as atividades da Polícia Civil”, revela Leonardo Pio.

 

 

A função de Delegado Regional é de confiança e pode ficar na mesma cidade por até cinco anos. “Por imperativo legal, podemos ficar no cargo, na mesma cidade, por até cinco anos, posteriormente, tem que acontecer o giro. A expectativa é dar continuidade ao que tem sido feito e dar uma resposta rápida e justa à comunidade dentro dos diversos serviços que a Polícia Civil desenvolve”, finaliza o Delegado Regional.

 

 

 

Fernando Vilaça

Fernando Vilaça, que tem 35 anos de vida pública e destes, 20 anos são dedicados à carreira de Delegado, entrou com o processo de aposentadoria e, por isso, será substituído por Leonardo Pio. Para ele, foram vários desafios vencidos ao longo dos últimos quatro anos em que esteve à frente da 1ª Delegacia Regional. “Todos os dias nos deparamos com um desafio novo, mas acho que o grande desafio que conseguimos transpor foi a adequação do prédio. Mudamos de um prédio deficitário, como era o da Praça do Mercado, e conseguimos esta instalação digna do serviço policial. No interior, a Delegacia de Divinópolis é uma das melhores em questão de acomodação”.

 

 

Ao substituto, Fernando Vilaça tece elogios. “Tenho certeza que o Dr. Leonardo dará continuidade ao trabalho. Toda esta estrutura que temos hoje ele teve participação efetiva. Na época que viemos para cá, ele era o Delegado Regional Adjunto e batalhou muito comigo para conseguirmos tudo isso. Sempre trabalhamos juntos nos objetivos finais, que é o combate à criminalidade. Montamos equipamentos, redes de inteligência e sei que ele dará sequência neste trabalho do combate à criminalidade, que está avançado em todo o país. Desejo boa sorte ao Dr. Leonardo e a escolha foi a melhor para Divinópolis e as cidades que compõem a 1ª Delegacia Regional. Está novo, com muita energia e doido para trabalhar”.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.