terça-feira, 24 de Maio de 2011 11:06h Marciel Muniz

Mais de 100 pedras de Crack são apreendidas por militares do GEPAR

A operação foi iniciada após a PM receber várias denúncias sobre tráfico de drogas no local

Cerca de 100 pedras de crack foram apreendidas pela Polícia Militar após denúncia anônima. A apreensão ocorreu na manhã de ontem na Rua Calcário no bairro Niterói, em Divinópolis.

 

 

Após várias denúncias informando que no bairro estava ocorrendo intenso movimento de tráfico de drogas, a Polícia Militar através do GEPAR organizou uma operação de busca e apreensão.

 

De acordo com o responsável pela operação, sargento Silvano Lopes do 23° Batalhão de Policia Militar, as drogas apreendidas estavam de posse do suspeito Rodrigo Fiais Pereira, 35 anos. Também foram encontradas drogas escondidas em meio à vegetação de lotes vagos, essa estratégia é usada pelos traficantes para que não sejam autuados com grande quantidade de drogas, desta forma eles comercializam a droga em pequenas quantidades e se reabastecem com enorme facilidade uma vez que os entorpecentes são escondidos estrategicamente próximos aos seus postos.

 

 

O sargento destacou a importância dos moradores da comunidade que através das denúncias feitas pelo 190 e 181(Disque  Denúncia) contribuem para a melhoria das condições de vida da população"Essa grande apreensão  só foi possível graças a colaboração dos moradores da região, que já não estão admitindo o uso e vendas de drogas dentro de sua comunidade, foram feitas várias denúncias sobre a grande ocorrência de tráfico da região, e essa apreensão de hoje foi  fruto do trabalho conjunto entre polícia e comunidade” explicou Silvano.



Ainda segundo informações do Sargento Silvano o denunciante alegou que Rodrigo estaria de posse de uma arma. Os militares vasculharam a residência e lotes próximos, mas a arma não foi encontrada.

 

Ao todo foram apreendidas cerca de 100 endolas de crack que se fracionadas renderiam a quantidade de 300 pedras vendidas em média a R$ 5,00 para os usuários de drogas. A droga apreendida já estava pronta e embalada para o comércio, também foram apreendidos uma balança de precisão e um espelho.

 

 

Enquanto aguardava a chegada do delegado, o suspeito preso alegou por inúmeras vezes que não teria conhecimento sobre a droga apreendida, ele argumentou em desespero não saber de onde vinha toda a droga. “Eu não sou dono dessa droga não senhor, não tenho dinheiro nem para comprar cigarros” exclamou o suspeito.

 

De acordo com o militar responsável pelo preenchimento do Boletim de Ocorrência, Rodrigo já é um “velho conhecido” da polícia e tem várias passagens por tráfico de drogas, furto e assalto a mão armada. O autor foi preso em flagrante e encaminhado à unidade prisional Floramar.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.