sexta-feira, 1 de Maio de 2015 06:43h Atualizado em 1 de Maio de 2015 às 06:52h. Pollyanna Martins

Mais de 160 mil veículos devem passar pelo sistema MG-050/BR-265/BR-491 no feriado prolongado

A Concessionária Nascentes das Gerais, a Polícia Militar Rodoviária (PMR) e o Corpo de Bombeiros já iniciaram as operações especiais

As operações especiais nas estradas mineiras para o feriado prolongado já estão a todo vapor. A Concessionária Nascentes das Gerais, a Polícia Militar Rodoviária (PMR) e o Corpo de Bombeiros já iniciaram as operações desde as 8h de ontem. Os trabalhos da PMR, do Corpo de Bombeiros e da concessionária só terminarão às 8h de segunda-feira (4).
Segundo a Nascentes das Gerais, cerca de 160 mil veículos devem passar pelo sistema MG-050/BR-265/BR-491, principal ligação entre Juatuba, na região metropolitana de Belo Horizonte, e São Sebastião do Paraíso, na divisa entre Minas e São Paulo. A concessionária ressalta ainda que o aumento do fluxo de veículos começou a ser verificado desde ontem.
O gestor de operações da Nascentes das Gerais, Marcelo Aguiar, reforça que os motoristas devem ter atenção em pontos em que ocorrem obras, como a duplicação da MG-050 em Mateus Leme (Azurita) e Piumhi –ambas na região central do Estado.  Em virtude do aumento de cerca de 20% no fluxo, Aguiar informa que haverá reforço das equipes em serviço, com mais colaboradores no Centro de Controle Operacional (CCO), nas viaturas de inspeção, nos guinchos, nas Áreas de Atendimento e nas praças de pedágio.
Em caso de qualquer incidente, o motorista pode ligar no número 0800-282-0505. “É um canal para requisitar serviços oferecidos pela AB Nascentes das Gerais e obter informações da rodovia que funciona 24 horas”, ressalta Marcelo.
PMR e CBMG
A operação da PMR já começou na manhã de ontem. Policiais militares realizaram uma blitz no km 14 da BR-494. Conforme o sargento Oscar, o intuito da operação é inibir a ação de motoristas imprudentes, além de orientá-los para redobrar o cuidado nas estradas durante o feriado prolongado. O sargento conta o que vai ser fiscalizado nos veículos no decorrer da operação. “Vai ser fiscalizado na operação a documentação do veículo, bem como o seu estado de conservação. A documentação de 2014 é que está sendo cobrada por enquanto. O extintor do sistema ABC ainda não vai ser cobrado, porém o extintor de incêndio que estiver dentro do veículo tem que estar dentro do prazo de validade e também carregado”, explica.
Segundo o policial, em poucas horas de ação já foram flagradas várias infrações, incluindo motociclistas com a viseira do capacete levantada e falta do uso do cinto de segurança. De acordo com o sargento, ao longo da operação o teste do bafômetro será aplicado aos motoristas suspeitos de dirigirem alcoolizados. “Nós já flagramos motoristas sem documentação, veículos com a documentação atrasada. Lembrando que quando a documentação está atrasada, o veículo vai ser removido. Nós também temos o etilômetro para aplicar o teste de bafômetro se caso necessário for”, frisa.
A operação do Corpo de Bombeiros, que também começou na manhã de ontem, vai contar com um ponto base na rodovia, além de um efetivo maior nas ruas, lagos e açudes. O fim da operação também será às 8h de segunda-feira (4).

 

Crédito: Pollyanna Martins

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.