terça-feira, 24 de Maio de 2016 11:01h Polícia Civil de Minas Gerais

Mais de dez pessoas são presas pela Polícia Civil em Belo Horizonte por uso de CNH falsa

Duas pessoas foram presas em flagrante na manhã desta segunda-feira (23), na sede do Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran-MG), ao tentarem transferir uma Carteira de Habilitação falsa do estado do Pará para Minas Gerais

Cerca de dez suspeitos já haviam sido presos neste ano pelo mesmo crime e mais de 40 pessoas estão sendo investigadas pela Polícia Civil por uso de documento falso.

As carteiras de habilitação, todas de categoria AB, são oriundas do estado do Pará. Segundo as investigações, a compra das CNHs foi intermediada em Minas Gerais, Goiás e Espírito Santo, além do próprio estado de origem da habilitação. Das pessoas que compareceram na sede do Departamento de Trânsito solicitando a transferência, oito revelaram ter comprado a habilitação e responderão ao processo em liberdade. Dos 120 processos de solicitação de transferência encaminhadas do interior de Minas Gerais para a sede do Detran-MG, 40 foram negadas por suspeita de fraude e 80 aguardam resposta do Departamento de Trânsito do Pará (Detran-PA).

A delegada responsável pela Divisão de Habilitação do Detran-MG, Maria Alice Faria, afirma que a origem das CNHs falsas, assim como as pessoas envolvidas no processo, estão sendo investigadas tanto pela Polícia Civil de Minas Gerais quanto no estado do Pará pela Polícia Civil local. Os procedimentos estão sendo encaminhados à Polícia Federal, com intuito de apurar a venda de CNHs em todo o Brasil.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.