terça-feira, 4 de Junho de 2013 05:15h Erik Ullysses

Mais um homicídio é registrado em Nova Serrana

Crime aconteceu durante o final de semana. Este foi o 15° homicídio registrado no ano. Vítima tinha passagens pela polícia por tráfico de drogas

Um novo assassinato foi registrado na cidade de Nova Serrana durante o final de semana. Um jovem de 22 anos foi encontrado com ferimentos provocados por disparos de arma de fogo na cabeça. Este é o 15° homicídio ocorrido em Nova Serrana este ano.


De acordo com as informações, o homicídio aconteceu durante a madrugada de sábado (01) em frente ao Poliesportivo Frei Ambrósio, no bairro Sandra Regina. Moradores que passavam pelo local avistaram o corpo caído e acionaram a Polícia Militar. A perícia técnica também com pareceu no local, onde constataram que a vítima havia sido atingida com três disparos de arma de fogo nas regiões da cabeça, peito e nádegas.


A vítima foi identificada com Aluiz Mendes Custódio, de 22 anos. Aluiz já tinha passagens pela polícia por tráfico de drogas e em 2012 cumpriu pena na Penitenciária Pio Canedo, em Pará de Minas. Até o momento nenhum suspeito foi preso e o rastreamento em busca dos possíveis autores continua sendo feito.

Sargento reformado reage a assalto e mata os criminosos

Em Pitangui dois homens foram assassinados após uma tentativa de assalto na última sexta-feira (31). Segundo a Polícia Militar, dois indivíduos, sendo um deles armado, entraram em uma loja de roupas e anunciaram o assalto. O proprietário do estabelecimento comercial, um sargento reformado, reagiu à ação dos bandidos e atirou contra os dois.


Um dos assaltantes era um adolescente de 17 anos e morreu no local. O outro assaltante, um homem de 29 anos, foi socorrido e encaminhado para o Hospital João XXIII, em Belo Horizonte, mas não resistiu aos ferimentos e veio a falecer na manhã de sábado (01). O comerciante não se apresentou a polícia.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.