quarta-feira, 8 de Abril de 2015 10:45h

Menina é estuprada após marcar encontro pelo Whatsapp

Uma menina de onze anos foi violentada neste domingo, em Santo Antônio do Monte

A mãe da menina procurou a Polícia Militar (PM) relatando o fato que foi confirmado por exames médicos. O suspeito é um homem de 27 anos, que ainda não foi localizado.
Durante a tarde de domingo, a mãe da menina procurou a PM para comunicar o desaparecimento da criança. A mulher disse aos policiais que a filha saiu na tarde sábado com algumas amigas para tomar açaí e ainda não havia voltado para casa até aquele momento.
No início da noite de domingo, a menina retornou para a casa queixando-se de náuseas, dor e sangramento ao urinar. A mãe levou a filha ao Pronto Atendimento e o médico de plantão constatou ferimentos na região genital e orientou a mãe a levar a filha a um ginecologista no dia seguinte, para tomar as demais providências.
A criança disse que saiu para tomar açaí com uma amiga, porém não retornou para casa e que por volta das 19h do sábado teria ido se encontrar com um amigo, de 27 anos, que ela conheceu através do aplicativo de troca de mensagens Whatsapp.
A menina contou ainda que o homem ofereceu um suco e assim que ela bebeu perdeu a consciência e não se lembra de mais nada. Ao acordar na manhã seguinte, o suspeito disse a ela para voltar para casa porque os familiares a estavam procurando.
A criança levou os policiais até a residência do suspeito. Lá, foram atendidos pelo pai dele que informou não saber onde o filho estava. Ele ainda relatou não ter percebido a presença da criança na noite anterior, pois faz uso de medicamentos controlados para dormir.
O suspeito possui passagens policiais por uso de drogas e pelo crime de desobediência. O conselho tutelar foi acionado e o suspeito ainda não foi localizado.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.