terça-feira, 15 de Outubro de 2013 06:16h Luiz Felipe Enes

Menor sem habilitação atropela e mata mulher em Divinópolis

A mãe de um adolescente de 15 anos perdeu a vida ao tentar salvar o próprio filho. O carro era conduzido por um adolescente de 17 anos

Uma mulher de 34 anos, para salvar a vida do próprio filho, morreu após ser atropelada domingo (13), no bairro Esplanada, em Divinópolis. Tanto a mãe, quanto o filho, estavam na calçada, quando foram surpreendidos por um VW/Gol, conduzido por adolescente de 17 anos. Ele ainda tentou fugir do local sem prestar socorro, mas foi contido por moradores da região.
Segundo a Polícia Militar, mãe e filho caminhavam pela rua Maestro João Pinto no bairro Esplanada. Em determinado momento, a mãe do jovem de 15 anos, observou uma movimentação estranha logo atrás, de onde estava. Um carro trafegava em alta velocidade, e ao perceber que o veículo iria avançar em direção a eles, a mãe empurrou o filho. O jovem conseguiu se agarrar em uma grade e se salvar. A mãe, não teve a mesma sorte.
Flávia de Souza Oliveira, de 34 anos foi atingida pelo carro, arremessada cerca de 40 metros pela via e depois, o condutor chocou contra o muro de uma casa, destruindo a parte de frente do automóvel e também derrubou parte da estrutura de concreto. Flávia sofreu diversos ferimentos. Ela foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros, e levada até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Central. A vítima sofreu ferimentos graves, entre eles, fraturas múltiplas pelo corpo e cortes profundos na coxa e em outras regiões. Devido à gravidade, a vítima veio a óbito.
O carro era conduzido por um menor de 17 anos. Ele estava no carro da mãe. Depois do acidente, ele tentou fugir, mas populares impediram sua fuga. A Polícia Militar foi acionada. A mãe do menor, autor do acidente, também compareceu no local. Junto aos militares, ela alegou que o jovem pegou o carro sem sua autorização e negou ter entregado o veículo ao menor inabilitado. Mediante as circunstâncias, a mãe do adolescente responsável pelo acidente teve a carteira de habilitação apreendida e foi presa e posteriormente liberada. O menor também foi apreendido e liberado, todos encaminhados à delegacia de polícia. O VW/Gol foi levado ao pátio credenciado ao Detran. A perícia esteve no local e realizou os trabalhos necessários. O caso segue em investigação.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.