sábado, 6 de Agosto de 2011 15:55h Natalia Santos

Militar e Civil recebem R$ 50 mil por trabalho integrado e redução de criminalidade

Áreas Integradas de Segurança Pública (AISPs) da 7ª Região Integrada de Segurança Pública (RISP) recebem premiação durante evento promovido pela Secretaria de Estado de Defesa Social (SEDS), realizado última quarta-feira, 03 de agosto. No âmbito da 25ª Área de Coordenação Integrada de Segurança Pública, composta pelo 23º Batalhão de Polícia Militar e 21ª Delegacia Regional de Polícia Civil. Além de honra ao mérito, os dois órgãos receberam R$ 50 mil.

 

As premiações tiveram como motivação os excelentes resultados alcançados na redução da criminalidade pelas AISP's que integram a 7ª RPM. Este trabalho é reconhecido como fundamental importância para a sedimentação da metodologia da Integração da Gestão de Segurança Pública (IGESP), e que serve de incentivo aos protagonistas da gestão integrada dos órgãos componentes do Sistema de Defesa.

 

O coronel Eduardo Campos explicou que a premiação se baseia em um projeto relacionado na família, realizado em Divinópolis e região. “Nós estamos trabalhando no que chamamos de polícia da família. Sabemos que é difícil dentro das famílias, mas que temos registrados bons resultados”, destacou Campos. Manter o projeto para ele, detém de esforço e trabalho e disse ainda que a tropa da 7º Região da Policia Militar busca conquistar a confiança da comunidade.

 

O tenente coronel Júlio Teodoro dos Santos, destacou que a equipe de polícia da cidade e região recebeu a premiação pelo esforço destacado na integração e na redução dos crimes. O trabalho da Integração da Gestação de Segurança Pública (Igesp) composta por diversas entidades, sendo a Polícia Militar e a Civil  pilares do grupo. A delegada da 21ª Regional da Polícia Civil, Aparecida Dutra Quadros destacou a premiação pela integração dos órgãos de segurança. Para ela, o resultado não seria o mesmo se não houvesse a união que o grupo tem. A delegada frisou ainda a premiação de R$ 50 mil será dividida entre a polícia militar e civil para a aquisição de bens. “No caso da polícia civil o dinheiro será destinado a instrumentos e equipamentos para o funcionamento da delegacia”, esclareceu Dutra.

 


Na solenidade, a 240ª Companhia Tático Móvel Especial do 23º BPM e a 7ª Companhia PM Independente de Meio Ambiente e Trânsito receberam “Menção Honrosa” pela valorosa contribuição na redução dos indicadores de criminalidade. A 7ª Região da Polícia Militar também recebeu uma homenagem na categoria “Boa Práticas” - com o Projeto de Educação para Segurança da Família. A ação é aplicada pelas Unidades de Execução Operacionais Subordinadas junto às escolas de cada município no ano de 2010. Policiais militares do Programa Educacional de Resistência às Drogas (PROERD), das atividades de Trânsito Rodoviário e Meio Ambiente, promoveram palestras educativas sobre segurança doméstica, segurança no trânsito e meio ambiente.

 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.