terça-feira, 7 de Julho de 2015 10:03h Atualizado em 7 de Julho de 2015 às 10:12h. Carina Lelles

Militar fica ferido e bandido morre após troca de tiros no Porto Velho

No fim da manhã deste domingo, um policial militar foi baleado na mão e um homem, de 26 anos, foi morto em troca de tiros na Rua Fernão Dias, no bairro Porto Velho

O homem, que possui várias passagens pela Polícia, reagiu a uma abordagem.
De acordo com a Polícia Militar (PM), durante uma abordagem, Anderson Pereira Rodrigues, de 26 anos, conhecido como “Banguela” sacou uma arma e atirou pelo menos cinco vezes contra um policial militar. Para se defender, o policial, que já estava ferido, atirou e acertou o suspeito.
O homem e o policial foram encaminhados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA). O policial foi lesionado na mão, levou cinco pontos e foi liberado. O suspeito não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade de saúde.
Ainda de acordo com a PM, com o suspeito foram localizadas duas porções de maconha, R$ 46,50 em dinheiro, um relógio e um celular. A arma, um revólver calibre 38, utilizada pelo suspeito, foi apreendida.
Contra o suspeito, que possui passagens por tráfico de drogas, tortura, entre outros crimes, de acordo com a PM, constava três mandados de prisão – dois da Vara Criminal e um da Vara de Execuções Penais.
Tortura
No final do mês de abril deste ano, um homem, de 39 anos, foi torturado, por cerca de uma hora, às margens do Rio Itapecerica, em um local conhecido como “Carrapateiro”, frequentado por usuários de drogas.
Anderson é um dos suspeitos de terem cometido o crime que deixou a vítima com várias lesões no rosto, segundo ela feitas com uma faca quente, além de fratura na mandíbula e queimaduras pelo corpo, também realizadas com a faca.
Na época, a vítima disse aos policiais que os suspeitos o acusavam de ser um X-9, termo que foi escrito nas costas dela de batom. O termo significa que a pessoa é um informante. Neste caso, os suspeitos acusavam a vítima de ser informante da PM. Três foram presos na época e quatro estavam foragidos, entre eles, Anderson que acabou morto pelo militar neste domingo.

Nova Serrana
Em Nova Serrana, um policial militar também foi alvo de tentativa de homicídio. De acordo com a PM, um jovem, de 18 anos, conduzia uma moto quando foi dada a ordem de parada, mas ele não obedeceu e fugiu em alta velocidade no bairro Laranjeiras.
Já no bairro São Geraldo, o condutor inverteu o sentido de fuga e o policial enquadrou o suspeito de frente, dando mais uma vez ordem para que ele parasse, sendo que o jovem desobedeceu e jogou a motocicleta para cima do policial.
Para se defender, o policial militar realizou dois disparos contra o suspeito, que não foi atingido e continuou a fuga. Mais à frente, o jovem perdeu o controle da direção da motocicleta e caiu. O suspeito foi abordado e preso. Ele foi levado para a delegacia e a motocicleta foi removida para o pátio credenciado ao Detran.

 

Crédito: Divulgação PM

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.