terça-feira, 10 de Setembro de 2013 07:26h

Morte de detento é investigada pelo sistema prisional

Apresentando convulsões e hematomas no corpo, o presidiário passou por duas unidades médicas, mas morreu. O caso será investigado

Um detento do presídio Floramar, deu entrada no Pronto Socorro Regional na última sexta-feira (6), com convulsões e lesões pelo corpo. Isac Barbosa da Silva, de 55 anos, havia sido preso na quarta-feira (4) por direção perigosa e por dirigir embriagado. Por não ter o dinheiro para pagar a fiança, ele foi e conduzido ao presídio Floramar.

 


De acordo com relatos, o homem foi levado a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Central por agentes penitenciários na sexta-feira (06). Na unidade recebeu os primeiros atendimentos, mas o estado de saúde do detento se agravou e foi necessária a transferência para o hospital São João de Deus, no sábado (7). Devido a complicações, ele morreu, no dia seguinte, no hospital. O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) e passou por necropsia, para emissão de um laudo que descreva a causa mortis. O laudo deve ficar pronto em 30 dias.

 


A Subsecretaria de Administração Prisional (Suapi) emitiu uma nota por meio da Secretaria de Defesa Social explicando o ocorrido. “A Subsecretaria de Administração Prisional (Suapi) informa que o detento Isac Barbosa da Silva, de 55 anos, faleceu no Hospital São João de Deus em Divinópolis, por volta das 6h15 do dia 08.09, domingo. Isac Barbosa da Silva deu entrada no Presídio Floramar, em Divinópolis, no dia 04. 09. O detento foi levado para atendimento médico no dia 06.09, sexta-feira, para o Pronto Socorro Regional de Divinópolis após ter sido atendido no setor de enfermaria da unidade prisional com sintomas de abstinência alcoólica. No dia 07.09, sábado, foi transferido para o Hospital São João de Deus. O Presídio Floramar instaurou um procedimento interno de investigação para apurar o ocorrido. A Suapi aguarda o laudo da necropsia realizada pela Polícia Civil”.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.