terça-feira, 1 de Setembro de 2015 11:21h Atualizado em 1 de Setembro de 2015 às 11:21h. Carina Lelles

Mulher é morta a tiros em Nova Serrana

Um homem também foi morto a tiros em um bar da cidade

Nova Serrana registrou dois homicídios no fim de semana. O primeiro foi um homem, de 26 anos, na noite de sexta-feira e o outro, foi o de uma mulher, de 25 anos, na tarde de sábado.  As vítimas tinham passagens pela Polícia.
O primeiro crime, segundo a Polícia Militar, aconteceu em um bar no bairro Romeu Duarte. Segundo testemunhas, um indivíduo, não identificado, chegou ao local e atirou diversas vezes contra Robson Silva de Oliveira, de 26 anos.
A vítima foi socorrida e levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Ainda de acordo com a Polícia Militar, Robson tinha passagem por roubo à mão armada. Ainda não se sabe a motivação e a autoria do crime.

Sábado
No dia seguinte, mais um homicídio foi registrado na cidade. Desta vez, em um local conhecido como “Favelinha do Santa Maria”. De acordo com a Polícia Militar, Viviane Neves de Sales, de 25 anos, foi morta a tiros dentro de casa.
Segundo testemunhas, dois suspeitos foram vistos fugindo em uma motocicleta, após vários estampidos serem ouvidos. A vítima estava em casa, na Rua Vicente Teles de Menezes, onde foi encontrada já sem vida pela Polícia Militar.
O local foi isolado até a chegada da perícia técnica da Polícia Civil, que após os trabalhos, constatou três perfurações, sendo duas nas costas e uma na cabeça. Uma menina, de seis anos, filha da vítima, estava no local na hora do crime, mas não se feriu. Ela ficou sob os cuidados do Conselho Tutelar e depois foi entregue a familiares.
Viviane possui passagens por tráfico de drogas. Nenhum suspeito foi identificado.

Tentativa de homicídio
Além dos dois homicídios no fim de semana, Nova Serrana também registrou uma tentativa de homicídio. De acordo com a Polícia Militar, a vítima, de 24 anos, deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) com uma perfuração, causada por disparo de arma de fogo, no braço.
A vítima disse aos militares que passava com familiares pela Rua José Pinto Amaral, no bairro Morda do Sol, quando foi surpreendida por dois indivíduos em uma motocicleta e que o garupa efetuou disparos, tendo um deles alvejado e transfixado seu braço e outro atingido de raspão o abdômen.
Após os disparos, os suspeitos fugiram e não foram mais localizados. A vítima e os familiares desconhecem o motivo dos disparos e não souberam informar características dos suspeitos.

 

Crédito: Reprodução

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.