quinta-feira, 22 de Janeiro de 2015 10:12h

Mulher perde mais de R$ 11 mil em golpe pelo celular

Uma mulher de 33 anos foi vítima de um golpe através do celular na tarde desta terça-feira, em São Francisco de Paula

De acordo com a Polícia Militar, a mulher não sabe o valor exato que depositou para os bandidos, mas um deles foi mais de R$ 11 mil.
Uma mulher procurou o quartel da Polícia Militar e disse que a vítima estava bastante nervosa em um estabelecimento comercial, reação que causou estranheza e suspeita de que algo poderia estar acontecendo.
Os policiais militares fizeram contato telefônico com ela, que disse não poder falar com a polícia, desligando o telefone. Logo depois, notícias chegaram ao conhecimento da PM de que dois indivíduos armados estariam no interior do estabelecimento comercial, sendo que a PM chegou ao local e nada estava ocorrendo, tratando-se de um alarme falso.
Mais uma vez a PM recebeu a informação de que a vítima havia pegado um táxi com destino a Oliveira e que estaria sendo ameaçada. Os policiais de Oliveira interceptaram o táxi e foi quando a senhora esclareceu que no fim da manhã recebeu um telefonema de número desconhecido e que o interlocutor lhe ameaçou de morte, alegando que estava na frente da loja dela, armado e que se ela não fizesse o depósito de todo dinheiro dela em uma conta especificada por ele, a mataria.
A vítima, desesperada, não acionou a Polícia Militar, realizando vários depósitos e créditos para diversos números de celulares nas máquinas da própria loja. Um dos depósitos, segundo a vítima, foi de R$ 11,4 mil em dinheiro, realizado em uma casa lotérica. A vítima estava indo para Oliveira para fazer novos depósitos.
Na frente dos policiais a mulher recebeu nova ligação, mais uma vez não identificada, determinando que fosse feito novo depósito, contudo o interlocutor não prosseguiu com o telefonema.  A vítima foi orientada a contatar a agência bancária para um possível cancelamento, já que se tratava de um golpe.

 

Dica
A Polícia Militar orienta que nos casos em que indivíduos efetuem ligações de números desconhecidos, ameaçando de morte ou alegando estarem com pessoas reféns, exigindo dinheiro, que a Polícia Militar seja acionada de imediato e que nenhum depósito em dinheiro, outra transação ou créditos em celulares sejam feitos, pois trata-se de golpes usualmente praticados.
As pessoas não devem se desesperar, confirmando as informações alegadas pelo interlocutor, pois só assim não cairão no golpe. Diante de qualquer situação semelhante ou suspeita, ligar 190 e denunciar, repassando a situação para que a PM tome providências.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.