quinta-feira, 27 de Novembro de 2014 05:11h

Mulher perde quase R$ 5 mil em extorsão

A proprietária de uma loja que presta serviços para um banco em Martinho Campos recebeu um telefonema e teve que realizar diversos depósitos bancários em várias contas para não morrer

De acordo com a vítima, de 23 anos, ela estava na loja quando recebeu um telefonema de DDD 21. Do outro lado da linha, um homem disse que estava do lado de fora, próximo à loja, observando-a, e que ela deveria fazer depósitos na conta bancária que ele iria determinar, dizendo ainda que se ela não fizesse os depósitos, ele entraria na loja para matá-la com um tiro.
Para que ela acreditasse nesta versão apresentada, o homem informou que sabia que ela estava usando uma blusa de cor cinza (cor da blusa de uniforme da empresa). A vítima, temendo por sua vida, fez dez depósitos em contas de cidades localizadas no Rio de Janeiro, a maioria no valor de R$ 500.
Em seguida, a vítima conseguiu contato com o irmão, que começou a falar com o chantageador pelo telefone e também recebeu ameaça de morte, vindo a desligar em seguida. A vítima relatou que fez contato com o gerente do banco que iria tentar estornar os valores depositados.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.