sábado, 1 de Setembro de 2012 08:37h Gazeta do Oeste

Músicos suspeitos de estuprar duas fãs são transferidos para presídio em Feira de Santana

Os nove integrantes da banda New Hit, acusados de estuprarem duas adolescentes após um show, foram transferidos para o presídio Regional de Feira de Santana. Os homens estavam custodiados na Delegacia Territorial (DT) de Ruy Barbosa onde o crime foi registrado. Eles saíram da unidade policial por volta das 7h40min e chegaram ao presídio às 9h, onde foram submetidos a exames de rotina. O décimo envolvido, um soldado da PM que fazia a segurança do grupo e suspeito por ter acobertado a ação, já está recolhido no Batalhão de Choque da Polícia Militar, em Lauro de Freitas.

 

 

Os músicos foram transferidos por determinação da juíza Márcia Simões Costa, titular da Vara Criminal da cidade, que atendeu solicitação do titular da DT/Ruy Barbosa, Marcelo Cavalcanti.

 

O crime ocorreu no domingo e segundo as adolescentes a violência ocorreu dentro do ônibus da banda - local onde eles tiram as fotos com os fãs e dão autógrafos. No relato de uma das garotas, ela diz que junto com a amiga pediu ao produtor da banda para tirarem as fotos e quando chegaram em cima do trio elétrico os músicos disseram que era melhor fazer as fotografias no ônibus, já que o local teria menos bagunça. Já dentro do veículo elas foram conduzidas até o fundo do ônibus, pois segundo os músicos a luz de trás estava melhor. Foi no momento em que a jovem foi empurradas para dentro do banheiro e estuprada por todos os homens. Além do ato sexual, eles também bateram nelas para que não pedissem ajuda. Segundo uma informação ainda não confirmada pela polícia civil, uma das jovens era virgem e por isso está muito machucada.

 

 

Para dar continuidade as investigações, a polícia aguarda o resultado do laudo do exame de corpo delito das duas jovens, em elaboração no Departamento de Polícia Técnica (DPT), de Feira de Santana. 

 

O delegado Marcelo Cavalcanti explicou que fez o pedido de transferência à juíza da Comarca objetivando preservar a integridade física dos músicos. “Devido a natureza do crime e, para não criar uma situação de risco aos rapazes, conclui que seria melhor custodiá-los, até sair a decisão da justiça sobre o caso, num local mais adequado”, esclareceu Cavalcanti.

 

 

Segundo a assessoria da banda New Hit, o que houve foi somente uma "ficada" entre dois integrantes do grupo e as garotas. A assessoria ainda alega que elas queriam viajar para Salvador com os músicos, mas após terem o pedido negado, inventaram a história. O laudo da perícia fica pronto na próxima semana e somente mediante ele poderá se comprovar os fatos. 

 

 

 

 

 

 

 

 

EM

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.