segunda-feira, 3 de Agosto de 2015 11:45h

Nota Conjunta de esclarecimentos sobre a operação Zelotes

Sobre a matéria “Marcopolo pode ter pago R$ 1 milhão em propina, diz PF", publicada hoje no jornal “O Estado de S. Paulo”, a Receita Federal do Brasil – RFB informa que, por meio de sua Coordenação-Geral de Pesquisa e Investigação – Copei, desde o final de 2013 conduz investigação própria sobre os fatos que resultaram na operação Zelotes.

Ao tomar conhecimento de que o Departamento de Polícia Federal - DPF também conduzia investigação sobre o mesmo tema, a RFB passou a atuar de forma conjunta, em regime de força-tarefa, com participação também da Corregedoria do Ministério da Fazenda e do Ministério Público Federal, para apuração dos fatos.

Destaca-se que a participação da Receita Federal, da Corregedoria do MF e do Departamento de Polícia Federal foram decisivas para o sucesso da investigação, considerando-se a complexidade e a especificidade do tema, produzindo diversas informações e documentos que foram integrados ao correspondente procedimento criminal, que tramita em segredo de justiça.

A Receita Federal e a Polícia Federal esclarecem que não há qualquer indício nos autos que apontem o envolvimento de servidores responsáveis pela investigação nas irregularidades apuradas pela Operação Zelotes.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.