sábado, 20 de Junho de 2015 11:18h

Novas drogas sintéticas são apreendidas em Itaúna

Uma operação da Polícia Civil em Itaúna terminou com a apreensão de diversas drogas sintéticas e na prisão de um jovem, de 21 anos. Um suspeito conseguiu fugir e as investigações vão continuar

Após meses de investigação, a Polícia Civil de Minas Gerais, por intermédio da Delegacia de Tóxicos de Itaúna apreendeu grande quantidade de drogas sintéticas na cidade. Duas novas drogas, Gota e NBome, também foram apreendidas.
De acordo com o delegado titular da Delegacia de Tóxicos de Itaúna e coordenador da equipe, Wesley Amaral de Castro, a operação visou cessar a venda de entorpecentes “mais utilizados em camadas sociais mais abastadas e que fogem dos padrões criminológicos.”
No decorrer das investigações, foi possível constatar a venda de LSD, Êxtase, Maconha, Gota e NBome. De acordo com o delegado, a "Gota" é um dos métodos mais potentes do LSD e pode causar danos irreversíveis ao cérebro em apenas um uso, funcionando como uma anfetamina de efeitos alucinógenos.
Já o NBome, segundo Wesley, foi descoberto em 2003 e tão somente catalogado como entorpecente pela união européia em 2014, tendo sido, recentemente, introduzido em Minas Gerais e teve somente agora a primeira notícia de venda na cidade.
Ainda de acordo com o delegado, a operação decorreu na Avenida Jove Soares, principal avenida da cidade, e culminou com a prisão em flagrante de um jovem, de 21 anos. Outro jovem, de 20 anos, foi perseguido, mas conseguiu fugir. “A prisão em flagrante foi convertida em preventiva e as investigações prosseguem, sendo que o objetivo da Polícia Civil é manejar investigações qualificadas para não só punir os socialmente marginalizados, mas todos aqueles que exercem a traficância”, ressalta Wesley.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.