terça-feira, 24 de Janeiro de 2012 11:31h Flaviane Oliveira

Obras do projeto “Segurança Iluminada” devem ser iniciadas nos próximos meses

Após a definição dos pontos que serão contemplados pelo programa “Segurança Iluminada”, a expectativa é de que as obras sejam iniciadas em breve. O objetivo do projeto é tornar mais seguro o tráfego pela cidade durante a noite. Os pontos a serem iluminados foram definidos pela Associação Comunitária de Segurança pública (ACASP) juntamente com a Polícia Militar.
O anúncio dos pontos já definidos foi realizado ainda no mês de setembro do ano passado, durante a reunião da ACASP, porém o endereço dos locais que serão beneficiados ainda não foi divulgado. A estimativa é de que a obra para implantação dos 100 pontos de iluminação seja orçada no valor entre R$300 mil a R$400 mil reais vindos dos cofres públicos. O prazo para término da obra é de doze meses.
Durante a última reunião da ACASP, o presidente José Vitor Batista, falou da importância do projeto e as expectativas para o início da instalação, “Esse é um projeto que o prefeito nos deu de presente, 100 pontos para serem iluminados e nós fomos um pouco a mais e indicamos 190 e acho que teremos ganho com isso e vamos acabar sendo contemplados com mais algum ponto além dos 100 que ele havia prometido.  Em meados de fevereiro iremos discutir com a polícia se os 100 que já serão feitos são os mais importantes e assim será dado andamento à melhoria da iluminação com a instalação de algumas luminárias” destacou.
O Secretário de Operações Urbanas e Coordenador da Defesa Civil, Adilson Quadros ressalta a participação do município nas ações de segurança no estado, “Divinópolis tem sido citada principalmente pelo alto comando da polícia, os gestores da Polícia Civil. Nós estivemos no gabinete militar do governador e Divinópolis foi elogiada justamente pela integração. Já existe uma cultura na nossa cidade com a criação da ACASP de nós fazermos sempre as coisas de forma integrada. Divinópolis é tida hoje em todo o estado como modelo de integração” ressaltou.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.