quarta-feira, 29 de Maio de 2013 06:37h Atualizado em 29 de Maio de 2013 às 06:45h. Erik Ullysses

Operação Impacto é deflagrada pelas Polícias Civil e Militar em todo o estado

Operação também foi realizada em Divinópolis, onde foram apreendidos diversos CD’s e DVD’s piratas e vários pares de tênis falsificado

As Polícias Civil e Militar deflagraram durante a terça-feira (28) uma operação conjunta chamada “Operação Impacto” em 14 cidades do estado de Minas Gerais. A operação teve como principal objetivo a prevenção e o combate à criminalidade violenta no estado. Também fizeram parte dos trabalhos o Corpo de Bombeiros Militar e o Ministério Público. Em todo o estado foram cumpridos mais de 300 mandados de prisão e 170 de busca e apreensão.

Em Divinópolis a operação teve início às 05 horas e visou o cumprimento de mandados de busca e apreensão e de prisão. No total foram empregados 55 policiais militares e 21 policiais civis em 18 viaturas da Polícia Militar e outras sete viaturas da Polícia Civil. Estiveram a frente da operação o comandante da 240ª Cia Tático Móvel, o major Célio Evaristo de Souza, e o delegado da PC, Marcelo

Nunes, e contou com a supervisão do major Marciel Araújo Ferreira, subcomandante do 23° BPM.
Durante a “Operação Impacto” foram cumpridos quatro mandados de prisão, um mandado de busca e apreensão em diversos pontos da cidade. Em uma das residências, localizada no bairro Belvedere, foram apreendidos 860 CD’s/DV’s diversos, além de 24 pares de calçados falsificados e uma endola de cocaína. Os indivíduos presos foram encaminhados para a Delegacia da Polícia Civil, juntamente com o material recolhido.
De forma concomitante, foram desencadeadas blitze em vários pontos de Divinópolis, onde os policiais abordaram 138 pessoas e 125 veículos, tendo dez veículos sido apreendidos.

Nova Serrana
A Operação Impacto também foi realizada pelas Polícias Militar e Civil na cidade de Nova Serrana. Na cidade foram empregados 50 policiais militares e 30 policiais civis, além de 11 viaturas da PM e 10 da PC.

Em Nova Serrana também foram cumpridos mandados de busca e apreensão, de prisão, além da apreensão de materiais ilícitos e abordagem a veículos. No total foram presas três pessoas, 106 abordagens foram realizadas, 57 motos e 128 veículos fiscalizados, nove veículos foram removidos e 29 Autos de Infração de Trânsito (AITs) foram lavrados.

No estado
Nas 14 cidade em que ocorreu a operação, o resultado foi 133 pessoas presas e 15 adolescentes foram detidos. Além das prisões, os policiais conseguiram apreender 12 armas de fogo, uma arma branca, 396 pedras de crack, sete tabletes de maconha e 18 buchas da mesma droga, 118 papelotes e 898 gramas de cocaína, cinco celulares, quatro computadores, 20 veículos irregulares, uma réplica de pistola, munição, além de R$ 1.446. As cidades alvo foram Belo Horizonte, Contagem, Betim, Ribeirão das Neves, Vespasiano, Juiz de Fora, Uberaba, Divinópolis, Nova Serrana, Governador Valadares, Uberlândia, Montes Claros, Ipatinga e Sete Lagoas.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.