quinta-feira, 7 de Fevereiro de 2013 04:11h Atualizado em 7 de Fevereiro de 2013 às 04:12h. Erik Ullysses

Operação Pré-Carnaval é realizada de forma conjunta entre Polícias Militar e Civil

Operação ocorreu em todas as cidades da 7ª RPM e teve como objetivo coibir crimes que possam vir a ocorrer durante o carnaval

Durante o dia de ontem as polícia Militar e Civil realizaram uma operação conjunta denominada “Operação Pré-Carnaval”, que teve como objetivo o cumprimento de 10 mandados de busca e apreensão expedidos para residências na cidade. Para que a operação fosse realizada em Divinópolis foram empregados 42 policiais militares e 13 policiais civis, além de oito viaturas da PM e outras quatro da PC.
O comandante do 23° BPM, tenente coronel Júlio Teodoro, explicou que as ações visam coibir crimes que possam vir a ser praticados durante o período do carnaval, como os contra a pessoa e contra o patrimônio, e ocorreu em todos os municípios que fazem parte da 7ª RPM. Segundo ele, somente em uma casa no bairro Porto Velho foi apreendido um grande volume de matérias, entre eles entorpecentes e dinheiro. “É uma operação que está sendo desencadeada em toda a 7ª RPM, nos seus cinquenta municípios, focando principalmente nas ações que vão minimizar a possibilidade de crime no carnaval. Aqui em Divinópolis efetuamos duas prisões, apreendemos aí em uma casa alguns produtos de receptação e uma pasta base, provavelmente de cocaína. Esse produto se fosse desdobrada renderiam uma média de 200 pedras de crack” afirmou.

 

Pássaros apreendidos

 

Durante a operação foram apreendidos sete pássaros da fauna silvestre que não possuíam os devido registro. De acordo com o cabo José Geraldo Silva, da Polícia Militar Ambiental, os pássaros foram apreendidos após policiais militares que cumpriam um mandado de busca e apreensão no bairro Manoel Valinhas constatarem que haviam animais da fauna silvestre, possivelmente sem registros, no local. Eles acionaram a Polícia Ambiental que prendeu o proprietário das aves. “Nós fomos em apoio ao 23° BPM que nos acionaram. Nós não estávamos diretamente envolvidos nesse mandado de busca e apreensão, mas como detectaram os pássaros lá nós chegamos e assumimos a ocorrência. No local a fiscalização detectou sete pássaros irregulares da fauna silvestre, sendo que três dos pássaros estão com anilha, mas não consta na relação e uma das anilhas está violada. Os outros quatro pássaros não possuem anilha. O proprietário foi preso em flagrante, juntamente com os pássaros e conduzidos aqui para a Delegacia” explicou.


São Gonçalo do Pará

 

A Operação Pré-carnaval também foi realizada em São Gonçalo do Pará. No momento em que ocorria a operação uma casa lotérica no centro da cidade foi assaltada por quatro indivíduos. As Polícias Militar e Civil agiram rapidamente e conseguir prender dois dos autores do assalto na cidade. O comandante Júlio Teodoro explicou como ocorreu a ação entre as polícias. “Dois autores, fugitivos do presídio de Ribeirão das Neves, em uma moto que é produto de roubo em Belo Horizonte, assaltaram uma casa lotérica. E em São Gonçalo também estava ocorrendo a operação e a Polícia Militar e a Polícia Civil lograram êxito na prisão desses autores conseguindo também a apreensão de um revólver e uma réplica de uma pistola. Então é um resultado altamente positivo, já que a operação estava em andamento e os autores de Belo Horizonte assaltando essa casa lotérica em São Gonçalo do Pará, tiveram a resposta imediata da PM e da PC” explicou.
O valor levado pelos criminosos não foi divulgado. Os outros dois foragidos continuam sendo rastreados pela Polícia Militar.

 

Resultados da Operação Pré-Carnaval:


- PM empregado: 675
- PC empregado: 37
- Mandados de busca e apreensão cumpridos: 143
- Mandados de prisão cumpridos: 29
- Pessoas presas: 68
- Armas de fogo apreendidas: 28
- Armas brancas apreendidas: 07
- Munições apreendidas (calibres diversos): 169
- Pedras de crack: 276
- Maconha: 234 gramas
- Cocaína: 210 gramas
- Dinheiro: R$ 7347,00

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.