sábado, 1 de Março de 2014 05:05h Luiz Felipe Enes

Órgãos de segurança intensificam fiscalização durante o feriado

Nas estradas que cortam a região está previsto um aumento de 230 mil veículos. Corpo de Bombeiros amplia efetivo às margens de lago durante o recesso.

O Carnaval chegou e várias pessoas se programaram para deixar a cidade em busca de diversão, lazer e descanso. As estradas que cortam a região Centro-Oeste de Minas tiveram aumento no fluxo de veículos, se comparado a outras épocas do ano. Corpo de Bombeiros, Polícias Militar e Rodoviária iniciaram na manhã de ontem a operação Carnaval. Durante o feriadão, rodovias, margens de lagos e represas passam por constante fiscalização.
Números levantados pela Polícia Militar Rodoviária (PMR) apontam aumento de 30% no número de veículos que trafegam pelas principais estradas da região. São aproximadamente 230 mil automóveis a mais, em relação aos dias convencionais. Somente na MG-050 são esperados cerca de 50 mil veículos em toda extensão da rodovia, segundo a Nascentes das Gerais, concessionária que administra a via.
Além do efetivo existente, mais de 16 policiais rodoviários trabalham na Operação Carnaval. De acordo com a Polícia Militar Rodoviária, as fiscalizações ocorrem em pontos distintos da rodovia. Neste ano quem ingerir bebidas alcoólicas e assumir a direção pode enfrentar sérios problemas. Todas as viaturas da PMR estão equipadas com o etilômetro, conhecido como bafômetro. O equipamento mede o teor alcoólico na corrente sanguínea e indica se o motorista bebeu.
Quem não respeitar a lei, além de desembolsar R$ 1915,30 com uma multa, também tem a carteira de habilitação suspensa por 12 meses e o veículo apreendido. Durante as fiscalizações, os condutores também deverão apresentar a habilitação e o licenciamento do veículo, pago até 2013. Os equipamentos obrigatórios do veículo devem estar em condições de uso. Eles também são inspecionados nas fiscalizações.

 

CUIDADOS ANTES DE PEGAR A ESTRADA
A manutenção dos veículos deve ser constante antes de sair de viagem. A Polícia Rodoviária informou que muitos acidentes nas rodovias são causados por falta de revisão no carro. Os pneus do veículo precisam ser verificados antes da viagem e os cintos de segurança também. Outro importante cuidado são as crianças e a forma como se acomodam no carro. As crianças de um a quatro anos só devem ser transportadas em cadeiras de segurança. Já para as que têm entre quatro e sete anos o transporte é feito pelo acento elevado, ambos apenas no banco traseiro.
Quem pretende acampar e precisa levar os equipamentos em um reboque, popularmente conhecido por carretinha, terá que portar a documentação e observar o funcionamento das lanternas, luzes de freio, de seta e a iluminação da placa.

 

IMPEDIDOS DE CIRCULAR

Algumas modificações no trânsito de automotores pesados pelas estradas que passam por Minas Gerais impedem a circulação de veículos com carga especial. São carretas de grande porte que, geralmente, além da cabine, arrastam duas ou mais unidades, e também veículos com mais de
19 metros de cumprimento. Hoje os veículos estão restritos de circular entre 6h e 12h. Na terça-feira (4), esse horário vai das 16h até a meia noite. Quarta-feira de Cinzas o impedimento começa às 6h e terminha ao meio dia. Caso o motorista não respeite os horários definidos, o veículo será retido e liberado após o prazo de encerramento estipulado

 

NA ÁGUA
O Corpo de Bombeiros também iniciou a Operação Carnaval. A ação começou ontem e vai até quarta-feira (5). Os Bombeiros informaram que houve reforço de profissionais em locais onde existem lagos e represas. Em Divinópolis, um ponto favorito dos banhistas é o Lago das Roseiras, próximo à represa de Carmo do Cajuru. A prainha de Lagoa da Prata também recebeu atenção por parte dos militares.
De acordo com o Corpo de Bombeiros, 50 militares da unidade estão disponíveis para atender ocorrências durante cada dia de operação. Os Bombeiros também disseram que as fiscalizações em locais onde vão ocorrer comemorações carnavalescas foram intensificadas no intuito de prevenir incêndios e outros acidentes.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.