terça-feira, 26 de Janeiro de 2016 09:32h

Pai que atirou em filho acidentalmente continua foragido

O jovem, de 23 anos, foi atingido na cabeça, não resistiu aos ferimentos e morreu na Unidade de Pronto Atendimento

Jovano de Mendonça, de 51 anos, ainda não foi localizado pela Polícia. Ele é suspeito de acertar um tiro acidental no filho, enquanto fazia a limpeza de uma arma de fogo dentro de casa, no bairro São Luiz, em Divinópolis.
De acordo com a Polícia Militar, o crime aconteceu no início da tarde deste domingo. Familiares contaram aos militares que Jovano estava fazendo a limpeza da arma, quando houve um disparo acidental acertou a cabeça do filho, Maycon Douglas Cinhika de Mendonça. Após o acidente, familiares acionaram o Corpo de Bombeiros, que chegou a levar a vítima para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas ela não resistiu aos ferimentos e morreu.
Ainda de acordo com familiares, após o acidente, o pai queria se matar e o outro filho dele, Paulo Henrique CinhiKa de Mendonça, de 26 anos, tomou a arma da mão dele e entregou a terceiros. O pai deixou o local transtornado e ainda não foi localizado.
Paulo, que possui passagens por homicídio, porte ilegal de arma de fogo e omissão de cautela, foi detido e levado para a Delegacia pelo extravio da arma, que não foi localizada. Ele foi ouvido e liberado. O jovem foi enterrado na tarde de ontem e, até o fechamento desta edição, o pai dele ainda não havia sido localizado.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.