segunda-feira, 9 de Setembro de 2013 06:31h Luiz Felipe Enes

Patroa agride ex-funcionária com água quente dentro do salão de beleza

Um desentendimento fez com que uma mulher de 43 anos fosse parar no hospital devido a queimaduras, em Divinópolis, na tarde da última quinta-feira (5). De acordo com a Polícia Militar, a dona de um salão de beleza, de 24 anos se desentendeu com a outra.

Um desentendimento fez com que uma mulher de 43 anos fosse parar no hospital devido a queimaduras, em Divinópolis, na tarde da última quinta-feira (5). De acordo com a Polícia Militar, a dona de um salão de beleza, de 24 anos se desentendeu com a outra.

 


O salão de beleza fica situado na rua Goiás, Centro de Divinópolis. A vítima contou aos Militares que já trabalhou no salão e que a ex-patroa a trancou no local, pegou uma vasilha de água fervendo e jogou no seu rosto. Após isso, a proprietária pegou um pedaço de madeira começou a apunhalar a mulher. Funcionários e clientes presenciaram toda a agressão contra a vítima.

 


Encontrada em sua residência, próximo ao salão de beleza, a autora não quis receber a polícia. Foi necessário arrombar a porta para entrar na casa. Ela foi conduzida para delegacia. Durante seu depoimento, ela negou ter agredido a ex-funcionária e mencionou que água quente não atingiu só a vítima, assim como outras pessoas no salão também teriam sido afetadas por acidente. Depois de ouvida, foi liberada. A mulher de 43 anos está internada no Hospital Santa Mônica, com queimaduras nas costas, tórax e no rosto.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.