segunda-feira, 21 de Julho de 2014 06:29h

Pelo menos 28 rebeldes são mortos em ofensiva militar no Norte do Paquistão

As Forças Armadas do Paquistão bombardearam ontem seis esconderijos de rebeldes em uma região ao Norte do país dominada por insurgentes, deixando pelo menos 28 mortos, segundo fontes oficiais.

Os ataques aéreos tinham como alvo o povoado de Shawal, no Waziristão do Norte, Noroeste do Paquistão, perto da fronteira com o Afeganistão. A região é um local de refúgio para rebeldes que fugiram de ofensivas militares paquistanesas em outras áreas do país.

Os militares paquistaneses, com acesso a aviões e à artilharia, começaram os ataques à região do Waziristão em meados de junho, na tentativa de recuperar o controle absoluto do distrito. As forças terrestres avançaram até o local no final de junho.

A ofensiva das Forças Armadas paquistanesas teve origem no ataque terrorista ao Aeroporto de Carachi, que resultou na morte de dezenas de pessoas e pôs fim a um frágil processo de negociações de paz com os talibãs paquistaneses.

Até ao momento, de acordo com os números divulgados pelos militares, mais de 400 rebeldes e 25 soldados já morreram na ofensiva paquistanesa.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.