quarta-feira, 2 de Outubro de 2013 06:09h Atualizado em 2 de Outubro de 2013 às 06:11h.

PF apreende 75 quilos de maconha na BR-262 em Bom Despacho

Os tabletes estavam em uma mala, no bagageiro do ônibus, que faz a linha Asunción/ Salvador

Um ônibus vindo de Assunção, no Paraguai, foi interceptado na balança da Polícia Rodoviária Federal na BR-262, em Bom Despacho com cerca de 75 quilos de maconha. Foi durante a noite dessa segunda-feira (30). De acordo com a PF, a droga estava escondida em uma mala, no bagageiro do veículo.
Durante uma barreira de rotina, realizada no posto da Polícia Rodoviária Federal em Bom Despacho, um ônibus que faz a linha Assunção (Paraguai) / Salvador (BA) foi parado pelos agentes. Por se tratar de uma linha transnacional, o ônibus costuma passar por uma fiscalização em cada estado por onde passa.
No instante em que os agentes da PRF iniciavam as buscas dentro do ônibus, um passageiro, agitado, tentou sair do ônibus, mas foi contido. Ao ser inspecionado sua bagagem, estava lá, aproximadamente 75 quilos da droga, em tabletes. Enquanto os agentes vistoriavam outras malas em busca de mais drogas, dois outros homens tentaram fugir pela rodovia, porém foram barrados.
Os três suspeitos, naturais de Belo Horizonte, foram conduzidos para a delegacia de Polícia Federal, em Divinópolis, onde prestaram esclarecimentos ao delegado de plantão. Um deles relatou que havia embarcado no ônibus, na cidade de Foz do Iguaçu, no Paraná, e informou que a droga não pertencia a ele. Os demais não se pronunciaram. Depois de autuados, eles foram presos e levados ao presídio Floramar.
Segundo o Delegado de Polícia Civil, Benício Cabral, a suspeita é que os três envolvidos teriam recebido uma quantia em dinheiro para transportar a grande quantidade de entorpecente. “Por se tratar de linhas que concedem o acesso a outro país, a Polícia Federal mantêm as fiscalização, e dessa vez, conseguimos apreender grande quantidade da droga”, explica. Uma investigação deve ser aberta para saber se a maconha veio do Paraguai ou se realmente saiu do Paraná.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.