segunda-feira, 29 de Fevereiro de 2016 12:54h Atualizado em 29 de Fevereiro de 2016 às 13:01h. Polícia Militar

PM apreende 85 armas de fogo durante operação

Desde o início desta sexta-feira, 26, está em andamento em toda a circunscrição da 12ª Região da Polícia Militar, sediada em Ipatinga, que é composta de 97 municípios, a Operação Cidade Segura

São mais de 1200 militares envolvidos subdivididos entre as nove unidades de execução operacional.
Conforme o comandante da 12ª RPM, Coronel Edvanio Rosa Carneiro, essa foi uma operação de visibilidade que teve resultados concretos, com o cumprimento de mandados de busca e apreensão e de prisão, que resultaram na apreensão de 85 armas de fogo e 109 presos até as 15h desta sexta. “A operação continua e teremos mais presos e material apreendido. Foram 199 mandados judiciais cumpridos, o que é um número expressivo. O que queremos é privilegiar os cidadãos de bem e garantir a segurança. Em João Monlevade conseguimos evitar um assalto e prender todos os envolvidos durante a operação”.

 

 


Já no que se refere ao policiamento de trânsito rodoviário e meio ambiente, o comandante da 12ª Companhia Independente de Meio Ambiente e Trânsito, Tenente-Coronel Ronaldo Silva, relatou que foram cumpridos 13 mandados que resultaram na apreensão de 28 armas de fogo. Ele também ressaltou uma apreensão de mais de quatro mil maços de cigarro contrabandeados em uma blitz de trânsito na cidade de Raul Soares.
No 58º Batalhão, com sede em Coronel Fabriciano, as ações foram focadas em três pontos. “Em Timóteo estávamos com problemas relacionados ao confronto de gangues no distrito de Cachoeira do Vale. Fizemos levantamos e cumprimos mandados, que resultaram na apreensão de duas armas de fogo e prisão de sete pessoas. Já em Antônio Dias, o foco foi à zona rural, onde foram registrados alguns assaltos. Foram três pessoas presas e quatro armas apreendidas. E em Coronel Fabriciano, o objetivo foi o combate ao tráfico de drogas. Conseguimos desbaratar duas quadrilhas”.

 

 


A 12ª Companhia de Missões Especiais focou no cumprimento de mandados, ressaltou o comandante da unidade, o Major Juliano Fábio Lemos Dias. “Dentro do enfoque buscamos criminosos que estavam envolvidos diretamente com o tráfico de drogas e o porte ilegal de arma, justamente para evitar a reincidência da conduta criminosa”.
Em toda área do 14º Batalhão, com sede em Ipatinga, conforme o subcomandante da unidade, o Major Fábio Barcelos de Barros, foi empregado um contingente de 238 militares e apreendidas nove armas de fogo. “Uma das ações que chamou atenção foi de um infrator em Ipaba, que estava com quatro armas de fogo. Ele emprestava e alugava as armas para infratores cometerem crimes”.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.