quarta-feira, 6 de Junho de 2012 15:56h Vinicius Soares

PM comemora os 237 anos da corporação

O 23º Batalhão da Polícia Militar realizou ontem uma solenidade para celebrar os 237 anos de fundação da corporação no Estado de Minas Gerais. O evento serviu também para condecorar vários militares por serviços prestados a entidade ao longo da carreira dos PM’s. Policiais Militares de todos os postos do órgão estiveram reunidos na quadra do 23ºBPM, em Divinópolis, para receberem saudações, contemplações e homenagens.

 


Estiveram também convidados o Deputado Estadual Fabiano Tolentino, o vereador Beto Machado, a Delegada Regional da Polícia Civil, Aparecida Quadros e o Prefeito Municipal Vladmir Azevedo.

 

Após ler uma carta escrita e assinada pela autoridade máxima, Comandante Geral da RMBH, Cel. Márcio Martins Santana, o Capitão Leônidas Silva saudou os presentes e todos os militares no recinto. Depois disso, a Banda da 23ºBPM se pôs em formação para receber a entrada da Bandeira do Brasil, para que os PM’s fossem condecorados.

 

Depoimentos

 

O Coronel da 7ª Região da Polícia Militar, Eduardo Campos de Paula falou sobre a importância da 7ªRPM em Divinópolis e mencionou também a entidade em geral. “Essa data é importante para Polícia Militar assim como para o Estado como um todo.
Uma polícia militar que vem desde 1775, nos tempos de Alferes Tiradentes, patrono dessa corporação. Trabalhamos em cima dos princípios dos direitos humanos, prestando um importante serviço para comunidade. A 7ªRPM está dividida em 18 regiões por toda Minas Gerais e essa é responsável pelo Centro-Oeste mineiro.É a 7ªRPM que vai coordenar todo trabalho de segurança pública, trabalhando em coação com os outros órgãos públicos para que possamos ser o mais eficaz possível” elucidou o Coronel.

 


Por estar com dificuldade na comunicação, Geraldo Ferreira  filho de um dos militares homenageados, o Sr.Cândido Pinto de 102 anos, falou por seu pai, sobre a honra de ser um dos entes mais dignos da Polícia Militar. “Estou muito feliz. Pela idade que o meu pai está, ele ainda faz muitas coisas, como a própria barba, se alimenta bem, anda sem grandes dificuldades. Ele entrou na Polícia Militar com 16 anos, chegou a lutar na Revolução de 1932 e outras batalhas de suma importância para o Estado e o Brasil. É uma honra para nós que somos familiares estar aqui nessa solenidade”

 

O Tenente Coronel do 23º Batalhão da Polícia Militar, Júlio Teodoro dos Santos, falou sobre os trabalhos que vêm sendo desempenhados ao longo dos 20 anos de história do 23ºBPM em Divinópolis. “A Polícia Militar tem vários trabalhos de prevenção as drogas, por exemplo, o PROERD, a patrulha escolar, o próprio GEPAR e continuaremos envolvendo a população, envolvendo a comunidade e buscaremos apoio com os outros órgãos para reduzir essa margem de tráfico no município. Mais do que nunca, precisamos buscar parceiros, trabalhar em rede, então nessa data tão importante para a cidade e pra corporação, a prefeitura é uma parceira nossa e unidos venceremos os empecilhos do cotidiano” frisou Júlio Teodoro.

 

O agraciado, Capitão Paulo Antônio de Moraes Paula, com 18 anos de serviços prestados, enfatizou a honra de receber a ‘Medalha de Mérito Profissional’ e disse já ter passado por vários riscos na sua profissão. “A concessão da medalha a qual eu fui agraciado, serve como incentivo para gente continuar a trabalhar sempre mais para o povo divinopolitano e é um reconhecimento pelos trabalhos realizados. Nada mais é que uma ‘recarga na bateria’. Já enfrentei vários riscos e ainda há muito que ser feito” ressaltou Paulo Antônio.

 

O Deputado Estadual Fabiano Tolentino falou sobre os projetos em andamento na Câmara Municipal de Divinópolis e revelou sua felicidade pela homenagem a ele prestada “Fico feliz. Trabalhamos bastante para que isso tenha sido concretizado hoje, porém ainda há muito que ser feito. Ontem mesmo estivemos na Secretaria de Defesa Social, (SEDS), em Belo Horizonte, buscando melhorar a segurança pública e mais recursos para priorizar a eficácia em Divinópolis, para poder também concretizar a construção da Região Integrada de Segurança Pública, (RISP). Existem muitos projetos em andamento, direcionados a esse aspecto na Câmara Municipal e também na Assembléia Legislativa e esperamos que todos eles possam vir a ser realidade na prática.

 


O Prefeito Municipal Vladmir Azevedo, firmou o compromisso da Prefeitura com a Polícia Militar e realçou a relevância da corporação no município. “A Polícia Militar é uma das grandes guardiãs do nosso Estado. Tem uma ligação muito forte com a história de Minas Gerais, na Inconfidência Mineira, tendo Tiradentes com o principal defensor da PM. Em quase dois séculos e meio, é uma polícia que é referência para o Brasil e para o mundo Mundo, pela lealdade, honestidade, pelos valores e princípios, dos componentes que vestem essa farda. E aqui em Divinópolis, ela está presente desde a Emancipação Político-Administrativa do município, contribuindo para que nosso município seja um lugar ordeiro, uma cidade do bem, ajudando também a aumentar cada vez mais a qualidade de vida para nossa população” afirmou Vladmir.

 

História

 

A Polícia Militar do Estado de Minas Gerais é a instituição mais antiga, bem como a melhor dentre todas as Polícias do Brasil, com 237 anos de existência. Segundo ensinam os historiadores, a corporação teve sua origem no Regimento Regular de Cavalaria de Minas, em 9 de junho do ano de1775, no distrito de Cachoeira do Campo, município de Ouro Preto, o qual tinha como missão guardar as minas de ouro descobertas na região de Vila Rica (atual Ouro Preto) e Mariana.

 

O patrono da Polícia de Minas Gerais é Alferes Tiradentes, herói da Inconfidência Mineira, e que serviu no Regimento Regular de Cavalaria de Minas. Todos os anos, no aniversário de sua fundação, a Polícia Militar de Minas Gerais concede a sua mais alta comenda, a Medalha Alferes Tiradentes, as autoridades civis e militares que se destacaram por suas atuações junto à sociedade.
Atualmente, nos 853 municípios do Estado de Minas Gerais, a Polícia Militar de Minas Gerais conta com mais de 50.000 integrantes, sendo a segunda maior Polícia do Brasil.

 

A Corporação além de possuir 56 Batalhões Operacionais responsáveis pelo policiamento ostensivo geral, também possui unidades especializadas como o Grupo Especializado em Prevenção Motorizada Ostensiva Rápida – (GEPMOR), o Batalhão de Rádio Patrulhamento Aéreo (BRPAER) (presente nas cidades de Belo Horizonte, Uberlândia, Juiz de Fora e Montes Claros), o Batalhão de Policiamento de Eventos (BPE) (antigo Batalhão de Choque), o Regimento de Cavalaria Alferes Tiradentes (RCAT) (Policiamento Montado), o Policiamento Rodoviário (PMRv), o Policiamento Ambiental (PM MAmb) e o Batalhão de Rondas Táticas Metropolitanas (ROTAM), que juntamente com as demais unidades da Corporação buscam assegurar a ordem pública, em diversos aspectos, aos brasileiros e estrangeiros que vivem neste Estado da Federação brasileira.

 

Para as atividades de coordenação e controle a corporação mantém o Centro Integrado de Comunicações Operacionais (CICOp), que é composto pelo COPOM (Centro de Operações da Polícia Militar), CEPOLC (Centro de Operações da Polícia Civil) e COBOM (Centro de Operações dos Bombeiros Militar), em um trabalho pioneiro de integração e harmonização de esforços.
A Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) tem por função primordial a polícia ostensiva e a preservação da ordem pública no Estado.

 

Onipresença

 

Na Regional Militar de Belo Horizonte e no interior do Estado de Minas Gerais a Polícia Militar está presente em todos os municípios, sem exceção, através das RPM's (Região da Polícia Militar), subdivididas em Batalhões, Companhias Especializadas, Companhias Independentes, Pelotões e Destacamentos com efetivo mínimo de quatro policiais por município.

 

Agraciados

 

Os agraciados da Polícia Militar com as medalhas de ‘Mérito Militar Grau Prata’, ‘Mérito Militar Grau Bronze’, ‘Mérito Profissional’ e ‘Medalha Alferes Tiradentes’ foram:

 

1º Sgt Edson Costa;
3º Sgt Genecy de Resende;
3º Sgt Wagner Gonzaga dos Santos;
3º Sgt Cândido Pinto (Militar de 102 anos),
Sub Ten PM Carlos Antônio da Silva,
1º Sgt PM Cláudio Donizete Ribeiro,
2º Sgt PM Cláudio Roberto de Assis,
3º Sgt PM Geraldo Luiz da Silva,
3º Sgt PM Geraldo Santiago,
Cb PM Luiz Carlos da Silva,
Cb PM João Bosco dos Santos,
3º Sgt PM Robson de Souza Rocha,
3º Sgt PM Jair Eustáquio Gondim,
Cb PM Marcos Gleisson Matias,
Cb PM Davison Hebert Teixeira,
Cap PM João Romeu Mendonça 28ª Cia PM Ind,
Cap PM Paulo Antônio de Moraes Paula 23º BPM,
1º Ten PM Valdeci Joaquim de Faria 7º BPM,
2º Sgt PM Cláudio Roberto de Assis 7ª RPM,
2º Sgt PM Lauro Breno da Silva Rosa 19ª Cia PM Ind,
2º Sgt PM Sérgio Adriano dos Santos 7ª Cia PM Ind MAT,
Cb PM Daniel Adão de Oliveira 13ª Cia PM Ind.,
Deputado Estadual Fabiano Galletti Tolentino,
Capitão PM Wellington Levy Teixeira,
Capitão PM Erlando Ferreira da Silva,
Capitão PM Alexsander de Oliveira Silva,
1º Sargento PM José Otávio de Sousa,
3º Sargento PM Ernando Alves da Silva

 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.